Uso de analgésicos durante a gravidez pode causar hiperatividade na criança….

1Os filhos de mulheres que fazem uso de analgésicos com paracetamol na fórmula têm maiores chances de desenvolver Transtorno do Déficit de Atenção com Hiperatividade, alerta uma nova pesquisa realizada na Universidade de Aarhus, na Dinamarca. A doença, conhecida como TDAH, é marcada por sintomas como dificuldade de concentração, impulsividade e comportamento irrequieto.

Divulgada no periódico científico “Jornal da Associação Médica Americana”, a pesquisa ajuda a mudar algumas recomendações normalmente feitas às gestantes, tais como o uso de paracetamol como o medicamento analgésico mais seguro para as futuras mamães. O estudo dinamarquês ainda sugere que os meses mais arriscados para tomar o medicamento estão entre o segundo e o terceiro trimestre da gravidez, elevando a probabilidade de a criança se tornar hiperativa em 75%.

Durante o estudo, os pesquisadores analisaram dados de 64 mil gestantes, cruzando informações sobre o consumo de paracetamol na gravidez e o comportamento dos filhos sete anos após o nascimento. Para completar o trabalho, eles também compararam os dados de crianças que tomam medicamentos para TDAH ou apresentam hiperatividade cinética (uma forma mais grave do transtorno) com o uso prolongado de paracetamol durante a gravidez da mãe. O resultado, mais uma vez, foi que o consumo do medicamento também influencia no desenvolvimento dos distúrbios.

Ainda que essa seja a conclusão, outros estudos demonstraram que o parecetamol não causa má formações no bebê e, por isso, é considerado um remédio seguro para as grávidas. A dica que vale, no entanto, é de nunca usar medicamentos sem a prescrição e o acompanhamento do médico — cuidado que deve ser redobrado no gestação.

Uso de analgésicos durante a gravidez pode causar hiperatividade na criança….



VEJA MAIS SOBRE Notícias


30% dos brasileiros sofrem com esgotamento profissional. Saiba mais!

30% dos brasileiros sofram com a chamada síndrome do esgotamento profissional, ou síndrome de burnout, segundo pesquisa da International Stress Management Association (Isma), realizada entre 2013 e 2014. “Pessoas com a síndrome de burnout podem apresentar esgotamento físico, alteração de humor, maior irritabilidade e dificuldade de concentração, além de sofrer com ansiedade, pessimismo, baixa autoestima […]

Leia mais

10 dicas para evitar o furto de bagagens em aeroportos!

Uma das grandes preocupações em viagens é ter malas extraviadas. Essa situação ocorre quando a bagagem é despachada no guichê do aeroporto, mas, na hora do recebimento, sofre algum atraso, roubo, dano ou perda. Em alguns casos, a mala é violada com todo cuidado e, posteriormente, é colocada intacta na esteira. O viajante, por vezes, […]

Leia mais

Especialista fala sobre o perigo do engasgo para as crianças!

O engasgo ocorre quando a traqueia é bloqueada por líquidos, alimentos ou qualquer tipo de objeto. A epiglote, uma espécie de porta da laringe, se movimenta de acordo com a necessidade e fica aberta para a passagem do ar até os pulmões, porém, quando engolimos algo a epiglote fecha para impedir a entrada de alimentos […]

Leia mais

3 dicas para guardar corretamente o perfume predileto!

Já parou para pensar se o lugar que você escolheu em casa para os seus perfumes é realmente um lugar ideal? A avaliadora olfativa da Natura, Luciana Parra, afirma que esse fator é muito importante para manter a integridade e a durabilidade da fragrância por mais tempo. Fato muito difícil de ser levado em conta, […]

Leia mais

9 maiores dúvidas das mamães sobre sexo pós-parto. Vem saber!

Para solucionar estas e outras dúvidas, o site UOL entrevistou Alberto Guimarães, ginecologista, obstetra e um dos criadores do programa Parto Sem Medo; Cecilia Pereira, ginecologista da All Clinik, do Rio de Janeiro (RJ); Cristina Carneiro, ginecologista e obstetra, de São Paulo (SP); Domingos Mantelli, ginecologista e obstetra, autor do livro “Gestação: mitos e verdades […]

Leia mais

FAÇA ESTE BLOG SER AINDA MELHOR, ESCREVA O SEU COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *