Sol de inverno em excesso também pode causar câncer!

sol-de-invernoO inverno chegou! As temperaturas estão mais baixas e o sol parece fraco. Só parece, pois os efeitos da radiação ultravioleta incidem o ano inteiro, não apenas no verão. E as consequências da falta de cuidado com a exposição solar, podem aparecer em longo prazo e com maior gravidade, como o câncer de pele.

Para 2014, o Instituto Nacional do Câncer (Inca) estima 182 mil novos casos de câncer de pele não melanoma, o mais incidente no país. Porém, por apresentar altos índices de cura, sua taxa de mortalidade é uma das mais baixas. A maior incidência deste tipo de câncer de pele se dá na região da cabeça e do pescoço que são justamente os locais de exposição direta aos raios solares. Já o melanoma, responsável por aproximadamente 4% dos casos de câncer da pele, apresenta uma alta letalidade, principalmente pela sua alta capacidade de desenvolvimento de metástases e tem forte incidência por hereditariedade.

Os dois tipos de câncer têm chances de cura elevadas, quando detectados nos estádios iniciais. Por isso, o oncologista do COT – Centro Oncológico do Triângulo, Rodolfo Gadia alerta para alguns sinais que devem ser investigados. “Devemos ficar de olho em alguns sintomas como: mancha que coça, dói, sangra ou descama; ferida que não cicatriza em quatro semanas; sinal que muda de cor, textura, tamanho, espessura ou contorno; elevação ou nódulo circunscrito e adquirido da pele que aumenta de tamanho e tem aparência perolada, translúcida, avermelhada ou escura. Todos esses casos devem ser avaliados imediatamente, pois o melanoma tem alta tendência a metástase, podendo atingir outros órgãos como pulmão, fígado e até o cérebro se descoberto tardiamente”, afirma o especialista.

Prevenção

De acordo com a dermatologista Juliana Gumieiro, a base da prevenção do câncer da pele ainda está fundamentada na proteção contra a radiação solar, por meio de protetores e acessórios (camiseta, chapéu, guarda-sol e óculos escuros) e sempre que possível, evitar a exposição solar entre as 10h e às 16h. “Devemos lembrar que existe um tipo de protetor para cada pele. O ideal é um fator de proteção de pelo menos 30, que proteja contra a radiação UVA e UVB. As peles mais sensíveis, com manchas, rosácea, entre outras, exigem um fator mais alto. O melasma exige também uma proteção contra a luz visível, que seria um filtro com cor. Existem filtros que controlam a oleosidade da pele com tendência a acne, filtros para peles mais maduras que hidratam e nutrem com substâncias específicas e filtros com fatores antioxidantes que previnem o envelhecimento. O ideal é consultar um dermatologista especialista pela Sociedade Brasileira de Dermatologia e ver qual seria o ideal para você”, recomenda.

Sol de inverno em excesso também pode causar câncer!



VEJA MAIS SOBRE Notícias


Ação de solidariedade ajuda mulheres em fase de quimioterapia!

Mulheres em fase de quimioterapia ou alopécia, tiveram uma tarde de diva, usufruindo dos serviços de cabeleireiro, maquiagem, esmaltação, reiki, entre outros. A iniciativa da Rede Lúcio Matias em parceria com o Projeto Mechas de Amor, também ofereceu cortes de cabelo gratuitos, que foram doados para confecção de perucas, destinadas a pacientes que passam pelo […]

Leia mais

Tríade da Mulher Atleta – Como prevenir e tratar!

Mulheres que praticam atividades vigorosas em excesso, sejam atletas profissionais ou amadoras, correm o risco de desenvolver a Tríade da Mulher Atleta. Isso porque o organismo precisa de energia suficiente para o funcionamento adequado de todo metabolismo, no repouso e no esporte. Porém, quando ocorre um desequilíbrio entre o que se gasta nos exercícios e […]

Leia mais

Autoconhecimento é o primeiro passo para o sucesso!

São muitos os que enfrentam mudanças contínuas em suas vidas pessoais e profissionais. Dentro de nossa busca pelo bem-estar e crescimento interior, podemos repensar muitas coisas que nos permitem nos conhecer e nos orientar para o que nos satisfaz e para o que melhor sabemos fazer. Cada um vive, dia a dia, o próprio sonho […]

Leia mais

As 5 melhores dicas para valorizar e/ou disfarçar as coxas grossas!

Para realçar ou camuflar essa característica, a personal Stylist Juliana Parisi separou as 5melhores instruções para ajudar a equilibrar a silhueta, não atraindo a atenção para esta região e valorizando o que se tem de melhor – sem deixar parecer maior.  TOP 1 – CALÇA FLARE OU PANTALONA Por terem a barra da perna mais aberta, […]

Leia mais

10 passos para reduzir os riscos de um AVC!

Prevenir sempre é o melhor remédio. E não poderia ser diferente na redução dos riscos para o desenvolvimento de um Acidente Vascular Cerebral, popularmente conhecido como AVC. O InterStroke, estudo publicado recentemente sobre a doença, concluiu que 90% dos casos de AVC não ocorreriam se tivéssemos o acompanhamento e controle de dez fatores. O neurologista […]

Leia mais

FAÇA ESTE BLOG SER AINDA MELHOR, ESCREVA O SEU COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *