Sol de inverno em excesso também pode causar câncer!

sol-de-invernoO inverno chegou! As temperaturas estão mais baixas e o sol parece fraco. Só parece, pois os efeitos da radiação ultravioleta incidem o ano inteiro, não apenas no verão. E as consequências da falta de cuidado com a exposição solar, podem aparecer em longo prazo e com maior gravidade, como o câncer de pele.

Para 2014, o Instituto Nacional do Câncer (Inca) estima 182 mil novos casos de câncer de pele não melanoma, o mais incidente no país. Porém, por apresentar altos índices de cura, sua taxa de mortalidade é uma das mais baixas. A maior incidência deste tipo de câncer de pele se dá na região da cabeça e do pescoço que são justamente os locais de exposição direta aos raios solares. Já o melanoma, responsável por aproximadamente 4% dos casos de câncer da pele, apresenta uma alta letalidade, principalmente pela sua alta capacidade de desenvolvimento de metástases e tem forte incidência por hereditariedade.

Os dois tipos de câncer têm chances de cura elevadas, quando detectados nos estádios iniciais. Por isso, o oncologista do COT – Centro Oncológico do Triângulo, Rodolfo Gadia alerta para alguns sinais que devem ser investigados. “Devemos ficar de olho em alguns sintomas como: mancha que coça, dói, sangra ou descama; ferida que não cicatriza em quatro semanas; sinal que muda de cor, textura, tamanho, espessura ou contorno; elevação ou nódulo circunscrito e adquirido da pele que aumenta de tamanho e tem aparência perolada, translúcida, avermelhada ou escura. Todos esses casos devem ser avaliados imediatamente, pois o melanoma tem alta tendência a metástase, podendo atingir outros órgãos como pulmão, fígado e até o cérebro se descoberto tardiamente”, afirma o especialista.

Prevenção

De acordo com a dermatologista Juliana Gumieiro, a base da prevenção do câncer da pele ainda está fundamentada na proteção contra a radiação solar, por meio de protetores e acessórios (camiseta, chapéu, guarda-sol e óculos escuros) e sempre que possível, evitar a exposição solar entre as 10h e às 16h. “Devemos lembrar que existe um tipo de protetor para cada pele. O ideal é um fator de proteção de pelo menos 30, que proteja contra a radiação UVA e UVB. As peles mais sensíveis, com manchas, rosácea, entre outras, exigem um fator mais alto. O melasma exige também uma proteção contra a luz visível, que seria um filtro com cor. Existem filtros que controlam a oleosidade da pele com tendência a acne, filtros para peles mais maduras que hidratam e nutrem com substâncias específicas e filtros com fatores antioxidantes que previnem o envelhecimento. O ideal é consultar um dermatologista especialista pela Sociedade Brasileira de Dermatologia e ver qual seria o ideal para você”, recomenda.

Sol de inverno em excesso também pode causar câncer!



VEJA MAIS SOBRE Notícias


9 maiores dúvidas das mamães sobre sexo pós-parto. Vem saber!

Para solucionar estas e outras dúvidas, o site UOL entrevistou Alberto Guimarães, ginecologista, obstetra e um dos criadores do programa Parto Sem Medo; Cecilia Pereira, ginecologista da All Clinik, do Rio de Janeiro (RJ); Cristina Carneiro, ginecologista e obstetra, de São Paulo (SP); Domingos Mantelli, ginecologista e obstetra, autor do livro “Gestação: mitos e verdades […]

Leia mais

Exagerou na bebida? 6 dicas para evitar a ressaca!

Além da moderação e a da importância de não misturar muitos tipos de bebidas alcoólicas, existem outras formas bastante eficazes de prevenir uma ressaca ou de, pelo menos, atenuar as suas consequências. Em primeiro lugar, beba dois copos de água antes de sair de casa, depois, o melhor é comer antes de começar a beber. […]

Leia mais

Aprenda a queimar mais calorias durante a caminhada!

5 dicas para você queimar mais calorias durante a caminhada! 1. Aproveite as subidas. Se estiver andando ao ar livre, aproveite para subir montes. Na cidade, use ladeiras. 2. Prefira fazer tracking. Caminhadas ao ar livre, que forçam desvios de pedras e maior estabilidade corporal, são melhores para queimar calorias. Este tipo de caminhada também […]

Leia mais

Mulher grávida no volante – 4 dicas para dirigir com segurança!

O médico e supervisor de Saúde da Ford Brasil, Edson Kayanuma, lista algumas das medidas de segurança que devem ser consideradas pelas gestantes ao dirigir: • Grávidas devem usar o cinto de segurança de três pontos mantendo a faixa inferior abaixo da barriga, o mais justo possível. A faixa diagonal não deve ficar sobre a […]

Leia mais

Odontofobia – 7 dicas para se livrar do medo de dentista!

A odontofobia, nome dado a quem tem medo de dentista, acontece geralmente na infância, muito por conta do famoso barulhinho do motor dos aparelhos odontológicos ou até mesmo por meio de desenhos animados que retratam a ida ao dentista como algo doloroso. Por isso, é importante que tanto os pais quanto os profissionais da área […]

Leia mais

FAÇA ESTE BLOG SER AINDA MELHOR, ESCREVA O SEU COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *