Reajustes altos dos planos de saúde estão entre as principais reclamações no Idec!

“Hoje em dia, da forma como a saúde pública está, é indispensável que, tanto as pessoas físicas quanto as empresas, contratem um plano de saúde" .

“Hoje em dia, da forma como a saúde pública está, é indispensável que, tanto as pessoas físicas quanto as empresas, contratem um plano de saúde” .

Cerca de 50 milhões de brasileiros usam o serviço de saúde privado, através das operadoras de planos de saúde e odontológicos. O crescimento pela procura deste tipo de serviço acontece em decorrência dos problemas da rede pública de saúde, que apresenta dificuldade na gestão estratégica, ou melhor, na falta dela.

“No Brasil, a assistência médica pública é deficitária, pois não há hospitais, médicos e estrutura para atender toda a população, que não encontra um serviço digno e qualificado”, explica a presidente da Consultoria de Gestão de Saúde Victory, Vera Bejatto. Com a dificuldade em agendar consultas, receber tratamento e realizar exames na rede pública, os brasileiros buscaram contratar planos de saúde. “Hoje em dia, da forma como a saúde pública está, é indispensável que, tanto as pessoas físicas quanto as empresas, contratem o serviço”.
Apesar dos milhões de brasileiros preferirem planos de saúde, milhares de usuários registraram reclamações referente a assistência à saúde ao Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor no ano passado. Para Vera Bejatto, que está no mercado de saúde há mais de 30 anos, os feedbacks negativos são na maior parte das vezes pautados graças a falta de conhecimento do contrato e das coberturas que foram contratadas.
O que mais incomoda os contratantes e gera inúmeras reclamações são os reajustes. Estes estão ligados com a quantidade de consumo que o cliente faz do plano e do custo médico hospitalar. “A Variação de Custo Médico Hospitalar (VCMH) é quase quatro vezes mais elevada do que o IGPM (registro da inflação de preços, desde a matéria-prima até os serviços finais). Isto, portanto, eleva substancialmente os custos da assistência médica privada”, diz Bejatto.
A Variação de Custo Médico Hospitalar expressa a variação do custo médico hospitalar per capita das operadoras de planos de saúde. Por exemplo, em um grupo de dez pessoas, duas agendam uma consulta, cada uma custa 100 reais. Ao dividir o valor per capita, o resultado é de 20 reais. Este é o VCMH.
De acordo com a Presidente da Victory, o que mais eleva o custo médico hospitalar (CMH) são as internações e materiais especiais (OPME), que costumam levar quase 50% do custo assistencial global. A outra metade dos está ligada com as consultas eletivas e em pronto-socorro, exames básicos e especiais, procedimentos ambulatoriais, as despesas administrativas/operacionais e os impostos.
Reajustes altos dos planos de saúde estão entre as principais reclamações no Idec!



VEJA MAIS SOBRE Notícias


Ação de solidariedade ajuda mulheres em fase de quimioterapia!

Mulheres em fase de quimioterapia ou alopécia, tiveram uma tarde de diva, usufruindo dos serviços de cabeleireiro, maquiagem, esmaltação, reiki, entre outros. A iniciativa da Rede Lúcio Matias em parceria com o Projeto Mechas de Amor, também ofereceu cortes de cabelo gratuitos, que foram doados para confecção de perucas, destinadas a pacientes que passam pelo […]

Leia mais

Tríade da Mulher Atleta – Como prevenir e tratar!

Mulheres que praticam atividades vigorosas em excesso, sejam atletas profissionais ou amadoras, correm o risco de desenvolver a Tríade da Mulher Atleta. Isso porque o organismo precisa de energia suficiente para o funcionamento adequado de todo metabolismo, no repouso e no esporte. Porém, quando ocorre um desequilíbrio entre o que se gasta nos exercícios e […]

Leia mais

Autoconhecimento é o primeiro passo para o sucesso!

São muitos os que enfrentam mudanças contínuas em suas vidas pessoais e profissionais. Dentro de nossa busca pelo bem-estar e crescimento interior, podemos repensar muitas coisas que nos permitem nos conhecer e nos orientar para o que nos satisfaz e para o que melhor sabemos fazer. Cada um vive, dia a dia, o próprio sonho […]

Leia mais

As 5 melhores dicas para valorizar e/ou disfarçar as coxas grossas!

Para realçar ou camuflar essa característica, a personal Stylist Juliana Parisi separou as 5melhores instruções para ajudar a equilibrar a silhueta, não atraindo a atenção para esta região e valorizando o que se tem de melhor – sem deixar parecer maior.  TOP 1 – CALÇA FLARE OU PANTALONA Por terem a barra da perna mais aberta, […]

Leia mais

10 passos para reduzir os riscos de um AVC!

Prevenir sempre é o melhor remédio. E não poderia ser diferente na redução dos riscos para o desenvolvimento de um Acidente Vascular Cerebral, popularmente conhecido como AVC. O InterStroke, estudo publicado recentemente sobre a doença, concluiu que 90% dos casos de AVC não ocorreriam se tivéssemos o acompanhamento e controle de dez fatores. O neurologista […]

Leia mais

FAÇA ESTE BLOG SER AINDA MELHOR, ESCREVA O SEU COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *