Pesquisa revela quais são as expectativas da classe média alta brasileira para 2015!

escrevendo-1024x692Pesquisa Hibou 2015 acaba de ser realizada nas cinco principais capitais do país (
 Curitiba, São Paulo, Belo Horizonte, Salvador e Brasília ) para entender as expectativas dos brasileiros (classe média e alta) para 2015. O questionário foi realizado com 525 pessoas de classes A e B no dia 13 de dezembro.
A primeira pergunta foi com relação à inflação, e mais da metade dos entrevistados (51%) acredita que será maior do que em 2014. “Notamos que apenas 7% dos brasileiros estão otimistas e acham que a inflação vai ficar menor e sob controle. A grande maioria discorda” explica Marcelo Beccaro, sócio da Hibou, e coordenador da Pesquisa.
Inflação
O brasileiro mais percebe o aumento da inflação quando vai até os mercados ou feiras (92%), quando adquire roupas, sapatos e acessórios (46%), quando compra bebidas alcoólicas (42%), quando abastece carro/ moto (37%), quando  compra medicamentos (35%),  quando come fora (27%)  e quando compra material escolar (27%).
Com relação à fidelidade das marcas, o brasileiro quando se depara com aumento de preço em um produto que ele sempre compra: 38% procuram o mesmo produto semelhante, mas de outra marca com preço mais acessível; 34% procuram outro estabelecimento para verem se encontram o preço a qual estavam acostumados; 17% comprar mesmo com o preço elevado; 14% substituem o produto e apenas 7% responderam que não compram até que o preço volte ao “normal”.
“Aqui vemos que o brasileiro está dividido entre ser fiel a marca ou ao produto com um preço mais acessível, lembrando que a pesquisa foi feita com a classe média alta e classe alta – a 3ª opção é pagar o valor mais caro” diz Marcelo Beccaro.
Bens Duráveis
A pesquisa questionou sobre a expectativa de aquisição de alguns bens no próximo ano e observou-se que 42% dos brasileiros não pretendem comprar nenhum dos itens estimulados em 2015, o restante pretende adquirir: 28% carros ( mínimo R$5.000 /máximo 50.000) ; 21% TV(mínimo R$ 800 reais/ máximo 2.000); 21% moto(mínimo R$1.000/ máximo 15.000) ; 20% apartamento (mínimo R$150.000 / máximo 500.000) ; 15% smartphone (mínimo R$ 500,00/máximo 2.000)  e 3% bicicleta ( mínimo R$ 450,00/máximo  2.100,00).
Seguindo o pensamento da compra de um bem mais caro, 44% dos brasileiros têm buscado realizar economia para aquisição de bens futuros mesmo que sem uma rotina consolidada e 30% estão economizado todo mês, ou seja, 74% estão guardando mais dinheiro. Apenas 26% responderam que não.
Emprego
 
Sobre o mercado profissional, 87% dos entrevistados responderam que conhecem alguém próximo que está desempregado. “E na busca por recolocação profissional a indicação no meio ainda é a maior força (49%), pois associa o nome do “indicador” e a confiança ao mesmo na aceitação para uma entrevista e nos requisitos básicos do profissional desejado. ”completa Marcelo. Já 22% vão procurar vagas para 2015 em sites de emprego; 13% distribuirão em empresas no perfil; 8% vão buscar oportunidades nos classificados dos jornais e 8% farão um curso em uma área nova. Além disso, 43% dos brasileiros acreditam que o cenário ficará igual ao de 2014, sem melhoras nem maiores baixas nos números relacionados a empregos no Brasil.
Quanto à contratação, 75% preferem pelo regime de CLT profissional, seguido de 14% dos entrevistados que acreditam que o importante é pagar as contas independente do regime de contratação. Já 10% acreditam que o trabalho informal é a melhor forma e apenas 1% vê na contratação PJ uma boa forma de remuneração.
“Ainda falando sobre trabalho questionamos o quanto é relevante para o brasileiro trabalhar com algo que goste e infelizmente a maioria (40%) vê no emprego apenas o meio de pagar as contas sem se preocupar com essa realização.” Explica Marcelo Beccaro.
41% dos entrevistados já pensaram/pensam em mudar sua área de atuação, o que demonstra claramente que independente do motivo as pessoas estão insatisfeitas com seu momento profissional. Destes 41% que pensaram em mudar, apenas 2% estão no momento de mudança, os demais não mudaram e os principais motivos foram: 38% não acharam uma vaga; 36% notaram que o salário é menor e 27% não sabem para que área migrar.
Sobre a Hibou:
A Hibou é uma empresa especializada em pesquisa de mercado e monitoramento. Da palavra francesa “coruja”, a Hibou traz o significado do olhar além dos 180°. A empresa tem como principal diferencial a inserção dos resultados das pesquisas dentro do dia a dia do consumidor, propondo muito além do resultado objetivo, sugestões de desdobramentos e abordagens. Setin, Navi Carnes, agência americana LLNS, agência Pepper, Sequoia Desenvolvimento Imobiliário, MaxHaus, Gafisa e o grupo argentino de seguros Sancor, são alguns dos clientes da Hibou, que oferece pesquisas qualitativas, quantitativas; exploratórias; profundidade; de campo; duble de cliente; deskresearch; datamining; e monitoramento de comportamento; presença de marca; expansão de região (acompanhamento de plano diretor); expansão de mercado para produtos e serviços; teste de produto e hábitos de consumo.
Pesquisa revela quais são as expectativas da classe média alta brasileira para 2015!



VEJA MAIS SOBRE Economia


7 dicas para economizar na compra do presente do Dia das Crianças!

Que tal economizar no presente do Dia das Crianças? De acordo com Reinaldo Domingos, presidente da Associação Brasileira de Educadores Financeiros, é importante considerar a situação financeira da família e lembrar que, em breve, haverá também o Natal. “É muito bom poder presentear as crianças! O ideal é que a família não se comprometa para […]

Leia mais

Imobiliária promove palestra exclusiva em Salvador sobre mercado imobiliário na Flórida!

No próximo dia 13, os antenadíssimos Tiago e Sarah Fernandez (foto acima), responsáveis pela área internacional da Ponto4 promoverão em parceria com a Imobiliária americana Every Thing Miami Realty, uma palestra exclusiva  para 60 pessoas no auditório do Empresarial Salvador Shopping Business.  Uma das palestrantes é Talita Pinheiro, CEO da Every Thing Miami Realty . […]

Leia mais

Bolsa de Valores – 5 mitos que os investidores acreditam!

Hoje, cada vez mais as pessoas estão procurando novas alternativas para investir. Porém, existem diversas opções de investimentos disponíveis no mercado atualmente, gerando dúvidas entre os próprios investidores. Quando se trata de ações é possível encontrar muitas informações diferentes. Há inclusive muitas promessas de enriquecimento fácil apenas investindo na bolsa. Porém, por mais atrativo que esse tipo […]

Leia mais

5 hobbies que podem virar fonte de renda!

As divertidas brincadeiras com o cachorro, a satisfação ao ter o quarto todo organizado ou os elogios ao fazer uma comida gostosa podem render mais do que sorrisos e prazer: podem dar dinheiro. Cada vez mais, as pessoas buscam trabalhar com o que as deixam felizes e transformar o hobby em profissão é um dos […]

Leia mais

Comportamento de consumo brasileiro influencia setores e produtos!

Se alguém te parasse na rua hoje para perguntar o que você compraria neste momento, caso tivesse uma renda adicional, qual seria a sua resposta? A maioria dos brasileiros tem sido categórico: tecnologia, lazer e viagens. Os dados, foram apontados pela pesquisa “Hábitos de consumo do brasileiro e sua relação com o crédito”, realizada pelo […]

Leia mais

FAÇA ESTE BLOG SER AINDA MELHOR, ESCREVA O SEU COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *