Panificação brasileira cresce 8,02% em 2014!

As empresas de panificação e confeitaria movimentaram R$ 82,5 bilhões em 2014, faturamento 8,02% superior ao registrado no ano anterior. Foi o segundo ano em que o setor registrou índice de crescimento inferior a 10%.
“Essa desaceleração é decorrente principalmente da alta de custos experimentada pela panificação. Os preços dos produtos adquiridos pelas empresas de panificação no atacado tiveram um reajuste médio de 8,71%, a alta do salário médio do setor foi de 18,2%, o custo com embalagens aumentou em 13,3% e a energia elétrica 14,8%”, informa o presidente da Associação Brasileira da Indústria de Panificação e Confeitaria (Abip), JoséBatista de Oliveira.
Os números apresentados pelo dirigente foram levantados pelo Instituto Tecnológico (ITPC), em parceria com a Abip, por meio de pesquisa realizada junto a 1.200 empresas de todo o país, abrangendo representantes do setor de todos os portes. O crescimento do faturamento, segundo Batista, foi garantido pelo desempenho das padarias que oferecem serviços completos de fastfood e de conveniência (ver o Quadro I).

Grandes números – O número de empresas que constitui o setor continua sendo de 63,2 mil, que foram frequentadas por cerca de 41,5 milhões de clientes diariamente, no último ano. Já o número de funcionários na panificação somou 850 mil empregos diretos e 1,85 milhão de forma indireta. Houve um aumento de 5,7% no número de postos de trabalhos criados ano passado.
No mesmo período, o faturamento por funcionário aumentou 2,5%. Já o salário médio cresceu 44,2% entre 2010 e 2014. O presidente da Abip destaca a importância sócio-econômica do setor, lembrando que o segmento, além de ser importante gerador e mantenedor de mão-de-obra, é constituído basicamente por micro e pequenas empresas. “Mais da metade das padarias empregam até 20 funcionários”, destaca ele (ver o Quadro II).
Dada a relevância do setor, Oliveira defende a aceleração do projeto que desonera os produtos panificados, e que se encontra em trâmite na Câmara Federal, já tendo recebido aprovação da Comissão de Constituição e Justiça. “Trata-se de matéria da maior importância para a economia e para a sociedade brasileiras”, diz o presidente da Abip.
“A decorrente redução dos custos dos produtos panificados não apenas terá impacto positivo direto sobre a atividade, estimulando investimentos em novos empreendimentos, modernizações e ampliações, como tornará esse nobre produto ainda mais acessível à população”, diz Oliveira. Dessa forma, conclui, o Brasil poderá incrementar seu hoje acanhado consumo per capita de pães, situado na faixa dos 33 quilos/habitante/ano, o que vem a ser pouco mais da metade dos 60 quilos/habitante/ano recomendados pela ONU.
“Temos muito espaço para crescer”, diz ele, lembrando que países de situação sócio-econômica similares às do Brasil ostentam índices de consumo per capita acima dos 70 quilos/habitante/ano, como é o caso da Argentina, e além dos 90 quilos/habitante/ano, como no caso do Chile.

Quadro I

unnamed

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Quadro II

unnamed

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

unnamedJosé Batista, presidente da Abip: “Aceleração do projeto que desonera os produtos panificados é da maior importância para a economia e para a sociedade brasileira”.

Panificação brasileira cresce 8,02% em 2014!



VEJA MAIS SOBRE Economia


7 dicas para economizar na compra do presente do Dia das Crianças!

Que tal economizar no presente do Dia das Crianças? De acordo com Reinaldo Domingos, presidente da Associação Brasileira de Educadores Financeiros, é importante considerar a situação financeira da família e lembrar que, em breve, haverá também o Natal. “É muito bom poder presentear as crianças! O ideal é que a família não se comprometa para […]

Leia mais

Imobiliária promove palestra exclusiva em Salvador sobre mercado imobiliário na Flórida!

No próximo dia 13, os antenadíssimos Tiago e Sarah Fernandez (foto acima), responsáveis pela área internacional da Ponto4 promoverão em parceria com a Imobiliária americana Every Thing Miami Realty, uma palestra exclusiva  para 60 pessoas no auditório do Empresarial Salvador Shopping Business.  Uma das palestrantes é Talita Pinheiro, CEO da Every Thing Miami Realty . […]

Leia mais

Bolsa de Valores – 5 mitos que os investidores acreditam!

Hoje, cada vez mais as pessoas estão procurando novas alternativas para investir. Porém, existem diversas opções de investimentos disponíveis no mercado atualmente, gerando dúvidas entre os próprios investidores. Quando se trata de ações é possível encontrar muitas informações diferentes. Há inclusive muitas promessas de enriquecimento fácil apenas investindo na bolsa. Porém, por mais atrativo que esse tipo […]

Leia mais

5 hobbies que podem virar fonte de renda!

As divertidas brincadeiras com o cachorro, a satisfação ao ter o quarto todo organizado ou os elogios ao fazer uma comida gostosa podem render mais do que sorrisos e prazer: podem dar dinheiro. Cada vez mais, as pessoas buscam trabalhar com o que as deixam felizes e transformar o hobby em profissão é um dos […]

Leia mais

Comportamento de consumo brasileiro influencia setores e produtos!

Se alguém te parasse na rua hoje para perguntar o que você compraria neste momento, caso tivesse uma renda adicional, qual seria a sua resposta? A maioria dos brasileiros tem sido categórico: tecnologia, lazer e viagens. Os dados, foram apontados pela pesquisa “Hábitos de consumo do brasileiro e sua relação com o crédito”, realizada pelo […]

Leia mais

FAÇA ESTE BLOG SER AINDA MELHOR, ESCREVA O SEU COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *