Lucro líquido da Harley-Davidson aumenta no 1º trimestre de 2015!

6A Harley-Davidson informa seu balanço global do primeiro trimestre de 2015, registrando lucro líquido de US$ 269,9 milhões, de um faturamento total de US$ 1,67 bilhão. Em iguais meses de 2014, o lucro líquido somou US$ 265,9 milhões, com receita consolidada de US$ 1,73 bilhão. O lucro por ação teve aumento de 5% no período, chegando a US$ 1,27.

O faturamento no período diminuiu devido, principalmente, às condições desfavoráveis do câmbio de moedas estrangeiras e ao ligeiro declínio nas vendas globais da empresa. “Apesar de o primeiro trimestre ter sido muito desafiador, seguimos fortes e focados em executar a estratégia da Harley-Davidson de ser uma empresa com foco no cliente, de aumentar nossa participação entre novos clientes nos Estados Unidos, crescer internacionalmente e melhorar continuamente todos os aspectos de nossa operação, afirma Keith Wandell, chairman, presidente e CEO da Harley-Davidson, Inc.

Vendas de motocicletas
Concessionários em todo o mundo venderam 56.661 novas motocicletas Harley-Davidson no primeiro trimestre de 2015, queda de 1,3% sobre as 57.415 unidades comercializadas no mesmo período de 2014. As revendas norte-americanas faturaram 35.488 motos zero, queda de 0,7% em relação às 35.730 vendidas entre janeiro e março do ano anterior.

Nos mercados fora dos Estados Unidos, concessionárias entregaram 21.173 novas motocicletas durante o primeiro trimestre de 2015, volume 2,4% a menos do que as 21.685 unidades negociadas em igual período de 2014. A América Latina foi na contramão do resto do mundo e teve um aumento de 0,3% no trimestre.

“Devido aos resultados do primeiro trimestre, com grandes descontos praticados por nossos competidores nos Estados Unidos, que esperamos que devem continuar, estamos tomando a precaução de diminuir nossa expectativa de crescimento para o ano para adequar nossos estoques com a demanda e proteger a natureza premium de nossa marca”, completa Wandell.

A empresa espera agora um aumento nas vendas entre 2% e 4% em 2015, comparado à expectativa anterior de crescimento entre 4% e 6%.

 

Motocicletas e produtos segmentados
O lucro operacional de motocicletas e produtos segmentados atingiu US$ 345,5 milhões no primeiro trimestre de 2015, ante os US$ 347,7 milhões no ano anterior. O lucro operacional no período foi impactado pelo câmbio desfavorável, parcialmente compensado por fortes ganhos de produtividade.

A receita com venda de motocicletas chegou a US$ 1,26 bilhão, contra os US$ 1,31 bilhão no mesmo período de 2014. A empresa entregou 79.589 motocicletas para revendedores e distribuidores do mundo todo durante o primeiro trimestre, enquanto entre janeiro e março de 2014 foram 80.682.

A receita da venda de peças e acessórios para motos somou US$ 183,9 milhões no primeiro trimestre, ante os US$ 198,1 milhões no primeiro trimestre de 2014. A receita de mercadorias em geral, incluindo MotorClothes®, vestuários e acessórios, chegou a US$ 66,4 milhões, contra os US$ 64,1 milhões em igual período de 2014.

No primeiro trimestre de 2015, a margem bruta para o segmento de motocicletas foi de 39,1%, enquanto no mesmo tempo de 2014 foi de 37,7%. A margem operacional relacionada a motocicletas registrou 22,9%, contra 22,1% do primeiro trimestre de 2014.

Expectativas
A Harley-Davidson está revisando seu planejamento anual de vendas para adequar a oferta de produtos de acordo com a demanda. Portanto, agora a companhia espera vender entre 276 mil e 281 mil motocicletas a concessionárias e distribuidores de todo o mundo em 2015, um aumento aproximado de 2% a 4% em relação a 2014. A empresa havia feito uma previsão anterior de entregar entre 282 mil e 287 mil motocicletas.

No segundo trimestre, a Harley-Davidson espera embarcar entre 83 mil e 88 mil unidades, em comparação às 92.217 motocicletas enviadas no mesmo período de 2014. A empresa continua com o plano de fechar 2015 com uma margem operacional entre 18% e 19% no segmento de motocicletas e despesas de capital para a Harley-Davidson, Inc. entre US$ 240 milhões e US$ 260 milhões.

 

 

Lucro líquido da Harley-Davidson aumenta no 1º trimestre de 2015!



VEJA MAIS SOBRE Economia


10 dicas para economizar em suas compras online!

Escolher um produto com calma e recebê-lo em casa, sem filas. Comprar pela internet já faz parte do dia a dia dos brasileiros e a utilização do e-commerce aumenta a cada dia.  Segundo o 35º relatório de comércio virtual Webshoppers, realizado pela Ebit, as compras na web cresceram 7,4% em 2016. Para 2017, a previsão é que as transações […]

Leia mais

Lingerie e moda praia representam mercados em expansão . Saiba mais!

Segundo dados do IEMI – Inteligência de Mercado, o segmento de lingerie no Brasil deve registrar em 2017 um crescimento de 3,5% em número de peças produzidas (chegando a cerca de 818 milhões de peças) e de 8,9% em valor de produção (cerca de R$ 7,521 bilhões). E as tendências da moda contribuem para este […]

Leia mais

Grupo Boticário cresce 7,5% e fatura R$ 11,4 bi em 2016!

O Grupo Boticário, controlador das marcas O Boticário, Eudora, quem disse, berenice? e The Beauty Box, registrou faturamento de R$ 11,4 bilhões no varejo em 2016. O crescimento foi de 7,5% na comparação com 2015. Além da boa performance financeira, mesmo em meio a um cenário econômico bastante difícil, o Grupo Boticário também aumentou seu número de […]

Leia mais

Aprenda a fazer a Declaração do Imposto de Renda 2017!

Desde o dia 2 de março, a Receita Federal está recebendo a Declaração do Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF) 2017. A estimativa é que sejam enviadas 28,3 milhões de declarações até o prazo final, 28 de abril. A Agência Brasil preparou um passo a passo a fim de esclarecer as dúvidas sobre como preencher […]

Leia mais

10 estratégias de risco no planejamento da aposentadoria!

Planos não são garantia para um futuro financeiramente confortável. Em nossa cultura, o trabalhador se apoia na aposentadoria do INSS para chegar tranquilamente à terceira idade. E o erro começa aí, ao imaginar o conforto financeiro garantido pela previdência do governo. Mesmo aqueles que conhecem a realidade das contas do Estado procuram meios pouco eficientes […]

Leia mais

FAÇA ESTE BLOG SER AINDA MELHOR, ESCREVA O SEU COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *