Exercícios físicos, músculos e longevidade: Especialista afirma que quem treina de forma mais intensa além de ter um corpo mais musculoso e definido terá também uma vida mais longa!

5Algo que talvez a maioria das pessoas não sabe é que assim como uma alimentação saudável pode beneficiar a nossa saúde, um esquema contínuo de exercícios pode fazer com que as pessoas vivam mais e tenham uma qualidade de vida melhor. Essa “duplinha” (alimentação + exercícios) é imbatível.

Dr Fábio Cardoso especialista em medicina preventiva e longevidade nos conta que está havendo um aumento das pesquisas que relacionam longevidade e exercícios físicos. Essas pesquisas têm mostrado que os exercícios aeróbicos, como caminhar, nadar, andar de bicicleta e correr, melhoram principalmente o sistema cardiorrespiratório. O risco de aterosclerose (entupimento das artérias provocados por acúmulo de placa de gordura) é reduzido quando a pessoa faz exercícios, provocando uma redução no LDL (colesterol ruim) e um aumento no colesterol bom (HDL). O coração também é capaz de bombear mais sangue e assim, o risco de ocorrer uma crise de taquicardia ou arritmia é menor. O tonus muscular aumenta e, com isso, as paredes dos vasos sanguíneos ficam mais fortes diminuindo a possibilidade da pessoa vir a ter complicações vasculares (varizes, tromboses, etc.).

Só para dar um exemplo: um estudo publicado no British Medical Journalconseguiu avançar nessa área de investigação demonstrando que as pessoas que correm habitualmente tem um índice de risco de mortalidade menor do que aquelas que não fazem esse tipo de atividade física. E mais, quem faz exercícos, tende a se preocupar mais com a sua saúde. Segundo pesquisadores doHospital Universitário de Copenhague  (Dinamarca), quem corre se beneficia dos efeitos do treinamento e adquire hábitos mais saudáveis (dietéticos, por exemplo) e seria isso que faria com que a pessoa vivesse por mais tempo e melhor.

O trabalho analisou o riscos de morte de 4.658 homens, dos quais 217 eram corredores habituais no começo do estudo. Cinco anos depois, 96 seguiram praticando essa atividade de forma regular e 106 pessoas se incorporaram ao grupo.

Os resultados deste estudo indicaram que quem corria tinha um risco relativamente menor de morte se comparado com aqueles que desistiram de correr e aqueles que nunca correram em momento algum.

Dica aqui: começar a praticar exercícios é importante, mas não pode parar!

Beleza! Mas os músculos são importantes nesta conta?

Dr Fábio explica que se você treina de forma intensa, não somente torna seu corpo mais musculoso e forte, mas também faz com que ele dure mais.

Pesquisadores normalmente pesam que o sobrepeso na terceira idade tem um aumento no risco de morte, mas estudos recentes têm demonstrado que tanto o excesso quanto a falta de peso (e mais especificamente a falta de massa muscular) geram um aumento da mortalidade, sem falarmos na qualidade de vida.

Mais e mais epidemiologistas estão chegando a conclusão de que não é o peso corporal que determina quão longo será a sua vida, mas sim a sua massa muscular.

Publicado à pouco no Jornal Americano de Medicina (JAMA), um estudo da Universidade da Califórnia (EUA), mostrou que a “quantidade” de músculos que você tem importa sim!

Foram analisados 3.600 adultos entre 1988 e 2004, sendo homens com mais de 55 anos e mulheres com mais de 65 anos. Os cientistas encontraram o que sempre falamos: pessoas (independente do sexo) com altos níveis musculares tiveram menor mortalidade (por qualquer causa, qualquer doença), quando comparadas às pessoas com menos massa magra. Bem diferente na verdade : quase 30%!!!!

Esta teoria também foi demonstrada em outro excelente estudo que avaliou 3695 pacientes, acima dos 55 anos nos homens e 65 anos nas mulheres, e este acompanhamento durou 16 anos, nos EUA e Dinamarca.

Neste ficou bem explícito que quanto mais massa muscular nesta população, menor o risco de mortalidade. No grupo com mais massa muscular, ocorria uma redução de risco de 20%!!!. E quanto maior o peso não-muscular, maior a mortalidade.

Ainda não sabemos exatamente como isto ocorre, mas, Dr Fábio lembra que quanto antes começar a se exercitar, melhor, aproveite o novo ano e mude sua rotina agora, você irá viver mais, e muito melhor.

As 2 pesquisas são mais excelentes estudos científicos que comprovam quanto a qualidade de vida e a atividade/exercício físico estão interligados, e que o índice de massa muscular é sim um dos indicativos para o aumento da longevidade (viver mais), mas sem perder qualidade (viver melhor).

De olho nisto! Se mantenha ativo no teu dia a dia, se esforce nos momentos de exercícios físicos e de olho na tua massa muscular. O teu “eu sou você amanhã” agradece.

Mais Sobre Dr Fábio Cardoso:

CRM-SC 11796

Médico especialista em medicina preventiva, Longevidade e Anti-Envelhecimento, Pós-graduado em Medicina do Esporte,

Membro da Sociedade Brasileira de Medicina do Esporte

Membro do Colégio Americano de Medicina do Esporte (ACSM)

Membro do Comitê de Esportes de Combate do Colégio Americano de Medicina do Esporte (ACSM)

Membro do Comitê de Esportes de Endurance do Colégio Americano de Medicina do Esporte (ACSM)

Membro da National Athletics Training Association (NATA).

Membro da American Association of Professional Ringside Physicians (AAPRP)

Membro da Associação Brasileira de Medicina Anti-Envelhecimento.

Membro da Brazil-American Academy for Integrative & Regenerative Medicine

Médico vinculado à equipe de MMA – RFT Fight Company, com atletas em vários e eventos ( UFC, BELLATOR, JungleFight, Nitrix, Sparta, entre outros).

Médico vinculado à empresa PrimeFigthers, de gerenciamento de carreira de atletas de MMA.

Médico vinculado à equipe de luta Nova União – Blumenau – SC.

Exercícios físicos, músculos e longevidade: Especialista afirma que quem treina de forma mais intensa além de ter um corpo mais musculoso e definido terá também uma vida mais longa!



VEJA MAIS SOBRE Notícias


Exagerou na bebida? 6 dicas para evitar a ressaca!

Além da moderação e a da importância de não misturar muitos tipos de bebidas alcoólicas, existem outras formas bastante eficazes de prevenir uma ressaca ou de, pelo menos, atenuar as suas consequências. Em primeiro lugar, beba dois copos de água antes de sair de casa, depois, o melhor é comer antes de começar a beber. […]

Leia mais

Aprenda a queimar mais calorias durante a caminhada!

5 dicas para você queimar mais calorias durante a caminhada! 1. Aproveite as subidas. Se estiver andando ao ar livre, aproveite para subir montes. Na cidade, use ladeiras. 2. Prefira fazer tracking. Caminhadas ao ar livre, que forçam desvios de pedras e maior estabilidade corporal, são melhores para queimar calorias. Este tipo de caminhada também […]

Leia mais

Mulher grávida no volante – 4 dicas para dirigir com segurança!

O médico e supervisor de Saúde da Ford Brasil, Edson Kayanuma, lista algumas das medidas de segurança que devem ser consideradas pelas gestantes ao dirigir: • Grávidas devem usar o cinto de segurança de três pontos mantendo a faixa inferior abaixo da barriga, o mais justo possível. A faixa diagonal não deve ficar sobre a […]

Leia mais

Odontofobia – 7 dicas para se livrar do medo de dentista!

A odontofobia, nome dado a quem tem medo de dentista, acontece geralmente na infância, muito por conta do famoso barulhinho do motor dos aparelhos odontológicos ou até mesmo por meio de desenhos animados que retratam a ida ao dentista como algo doloroso. Por isso, é importante que tanto os pais quanto os profissionais da área […]

Leia mais

Scouter roda o país a procura de diversidade de belezas brasileiras para a moda!

Dono de um olhar visionário, Jocler Turmina é um expert em encontrar novos rostos para ingressar no mercado da moda.  Após ter atuado durante muito tempo  em agências de grande porte no mercado nacional, este ano ele resolveu apostar na carreira solo e vai percorrer as principais capitais brasileiras à procura de modelos de destaque […]

Leia mais

FAÇA ESTE BLOG SER AINDA MELHOR, ESCREVA O SEU COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *