Especialista indica quatro maneiras de empresários se reinventarem durante a crise!

Enxergar os momentos de crise como oportunidades de crescimento para as empresas é o grande triunfo de empresários de pequeno e médio porte. Essa estratégia, segundo Renato Costa, CEO do Grupo Financial, consultoria financeira especializada em aportes internacionais para empresas, pode ser a saída para empresários e pequenos e médios empreendedores que buscam se reinventar. Para passar pelo momento de crise e manter o crescimento saudável da empresa, o especialista indica quatro estratégias para serem adotadas rapidamente:

1-Fique atento às novas tecnologias

“As empresas precisam se reinventar a todo momento e sempre foi assim. Ao longo da história, quem não se atualizou, quebrou”, salienta Renato Costa. “Toda companhia precisa acompanhar as tendências de mercado. Grandes inovações são sempre tecnológicas, mas isso não quer dizer que apenas a indústria precisa comprar maquinário novo. Mesmo as prestadoras de serviço precisam ficar atentas em como melhorar constantemente e utilizar das novas tecnologias para prestar o melhor atendimento”

2-Sempre melhore o atendimento

Renato destaca que o atendimento ao cliente sempre pode e deve ser aprimorado. “Quando falamos em atender ao cliente, não significa que só a tecnologia precisa se reinventar, é preciso sempre e principalmente melhorar o atendimento. Todo mundo preza pela boa qualidade do atendimento e do pós-venda, e é preciso ficar atento inclusive às reclamações e à prestação do suporte técnico”, aponta.

O uso de máquinas neste relacionamento nem sempre é recomendado. “No tratamento interpessoal também precisamos sempre nos adequar. Mas, cada dia mais, as pessoas falam com máquinas, enquanto antigamente era possível falar com o atendente direto. Isso no Brasil pode ser um problema, porque as pessoas querem falar com pessoas, mas nem sempre conseguem”, diz. “Reinventar-se é importante sim, mas atender bem o cliente é duas vezes mais importante”, destaca.

3-Busque um crescimento saudável

“Não tem nenhuma empresa que cresça sem atender bem o cliente”, ressalta Renato. Segundo ele, também é preciso sempre buscar o crescimento saudável. “Podemos crescer de duas formas. A primeira é de forma desestruturada, e aí você cresce em faturamento, mas também em reclamações. Seu produto pode ser bom, mas se sua imagem for ruim, em algum momento você pode ter problema”, diz. A segunda maneira de crescer, de acordo com Renato, é de forma organizada e saudável. “Compramos um produto ou fechamos um serviço não só porque ele tem o melhor orçamento, mas porque ele pode ter o melhor serviço e suporte. Você tem que fazer um casamento entre a imagem e a qualidade do serviço, quando você vai trabalhar a imagem da empresa, é necessário se atentar a tudo”, aponta.

“Temos grandes empresas que tiveram que passar por uma reestruturação de seus serviços e suporte. Não basta ter um bom serviço, é necessário um bom atendimento, funcionários educados. Enfim, o conjunto da obra constitui uma marca boa ou ruim”, ressalta.

4-Mantenha-se atualizado

Buscar informações e manter-se atualizado pode também ser um grande diferencial de empresários e executivos que querem estar um passo à frente no mundo dos negócios. “O que roda o mundo é a informação. É ela quem rege tudo. Bancos, indústria, empresas, estão sempre atentas às informações e ter esse conhecimento deixa você um passo à frente”, destaca. “A primeira coisa que qualquer executivo faz é acordar e se atualizar. Vai ler sobre o dólar, sobre a lava-jato, sobre as candidaturas. Ele fica de olho nas notícias porque sabe que elas afetam o mercado e os negócios”, diz.

“Manter-se bem informado deveria ser a cultura pessoal de todo mundo. Você vai para qualquer lugar, você conversa com as pessoas, e precisa saber o que está acontecendo”, finaliza.

Quem é Renato Costa?

Formado em Administração pelo Mackenzie, Renato Costa agrega em seu currículo mais de 70 cursos extracurriculares realizados em diversos países. O CEO do Grupo Financial, possui ainda diplomas especializados nas áreas de crédito e prevenção de lavagem de dinheiro.

O Grupo Financial já conta com mais de 80 funcionários no mundo e movimentou US$ 600 milhões em 2016. No ano passado, em apenas um trimestre chegou a US$ 2,3 bilhões em novas operações e faturou R$ 485 mi. Já para 2018, a projeção é movimentar US$ 8 bilhões.

Especialista indica quatro maneiras de empresários se reinventarem durante a crise!



VEJA MAIS SOBRE Economia


5 dicas sobre empréstimo empresarial!

Você, empreendedor, sabe como funcionam os empréstimos para empresas, tendo em vista os novos cenários e formatos de negócios, como o home office? Sérgio Tavares, Diretor da STavares Consultoria Financeira, com MBA em Gestão Econômica e Financeira de Empresas pela FGV (RJ); tira dúvidas e dá dicas para quem pretende investir no seu empreendimento. -Quando […]

Leia mais

4 dicas para que dinheiro não seja motivo de briga no seu casamento!

Um assunto muito importante, e que deve ser tratado com disciplina em qualquer casamento, é a administração conjunta das finanças. Desde o início, é fundamental criar um planejamento orçamentário para que a situação financeira não saia do controle. Isso evita um dos maiores motivos de brigas entre os casais ao longo dos anos. Viver a […]

Leia mais

Gastos de brasileiros no exterior chegaram a US$ 1,38 bilhão!

Em novembro, os gastos de brasileiros no exterior chegaram a US$ 1,38 bilhão, uma redução de 13,2% em relação ao mesmo mês de 2017. Trata-se de um decréscimo maior do que o observado no acumulado do ano: foram gastos US$ 16,86 bilhões em viagens internacionais no período janeiro-novembro, redução de apenas 2,96% na mesma comparação […]

Leia mais

As ruas mais caras da América Latina. Vem saber!

México, Buenos Aires e Rio de Janeiro abrigam as ruas comerciais mais caras da América Latina, de acordo com o relatório Main Streets Across the World 2018, elaborado pela consultoria imobiliária Cushman & Wakefield. A primeira posição do ranking é ocupada pela Avenida Presidente Masaryk, no México (foto acima). O aluguel de instalações na avenida […]

Leia mais

6 dicas para entrar 2019 sem ressaca nas finanças pessoais!

O brasileiro tende a olhar para as despesas e pensar que não tem meios de cortar gastos. Em dezembro, com as festas de final de ano e as férias, o instinto de economizar, que normalmente já é escasso, agoniza diante de tantas promoções e da longa lista de presentes de Natal. Passada a euforia, janeiro […]

Leia mais

FAÇA ESTE BLOG SER AINDA MELHOR, ESCREVA O SEU COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *