Emirates anuncia investimento de US$ 500 milhões em programa de vinhos!

escrevendo-1024x692Com investimentos de mais de US$ 500 milhões a longo prazo, o programa de vinhos da Emirates oferece a bordo por dia, em média, mais de 60 opções de vinhos, champanhes e vinhos do Porto, das melhores vinícolas de 11 países, aos passageiros de todas as classes. Para não depender de intermediários, a própria equipe de especialistas da Emirates desenvolveu relacionamento diretamente com os châteaux e vinícolas mais prestigiados do mundo para escolher a dedo os vinhos servidos a bordo. “Para nós, o vinho é uma experiência. Nossos passageiros querem desfrutar de vinhos a bordo como se estivessem jantando em um restaurante. Não é apenas ser tinto, branco ou rosé. Eles estão interessados em saber sobre a procedência da uva, a safra, a história da vinícola e por aí vai”, explica Tim Clark, presidente da Emirates Airline.
Há mais de uma década, conforme relata o executivo, a companhia aérea deixou o processo de aquisição corporativa habitual e decidiu ter controle sobre esse setor. “Poderíamos ter seguido o caminho fácil – bastaria fazer as contas de quantas garrafas seriam necessárias para cada classe e, em seguida, abrir uma concorrência. Mas, com a escala de nossas operações, isso limitaria nossas escolhas já que poucos produtores teriam a capacidade de oferecer as quantidades necessárias, nos padrões de qualidade que nós queremos”, destaca. Por isso, de acordo com Clark, a empresa optou por comprar os melhores vinhos em lotes menores, e oferecer aos passageiros mais oportunidades para experimentar vintages, mesmo que isso represente muito mais trabalho em termos de logística operacional no carregamento de voos e atualizações de menu, sem contar o treinamento da tripulação.
Investimento a longo prazo
A Emirates tem uma estratégia dinâmica para a aquisição de vinhos e um programa intensivo para garantir as melhores safras para o consumo futuro, comprando-os, muitas vezes, antes que sejam engarrafados e lançados para o mercado. A companhia aérea possui, atualmente, mais de 1,2 milhão de garrafas de vinhos sendo envelhecidos em sua adega na Borgonha, França. Algumas dessas vintages só estarão prontas para o consumo daqui a dez anos.
“O que acontece com o vinho é que cada vintage é finito. Portanto, queremos chegar cedo para garantir o melhor estoque para nossos passageiros. Esse será sempre um aspecto importante do nosso produto a bordo, portanto, é simplesmente parte de nosso processo de planejamento rigoroso. Assim como nós sabemos o quão grande a nossa frota vai ser e onde estas aeronaves voarão, sabemos quais vinhos serão servidos em cada classe numa determinada rota, daqui a quatro anos”, disse Tim.
Tinto: no coração das cartas de vinhos da Emirates
No coração da adega da Emirates estão os vinhos da região de Bordeaux, na França, o que representa quase metade do total da carta da companhia aérea. Com rótulos das vinícolas de maior prestígio da França, incluindo Château Lafite, Château Margaux, Château Latour, Château Haut-Brion e Château Mouton-Rothschild, a adega da Emirates é o sonho de qualquer bom conhecedor de vinhos.
Os critérios de seleção da Emirates não só levam em conta a qualidade do vinho, como também a harmonização com a refeição servida a bordo, e sua reação à altitude. “Nossas cartas de vinhos exibem o vinho francês clássico, em particular aqueles que são feitos para a harmonização com alimentos. A maioria dessas safras vem de castelos de renome. Os tintos franceses são as âncoras das nossas cartas, e, em torno deles, construímos uma seleção equilibrada de regiões e estilos, ideais para acompanhar uma refeição, uma sobremesa, ou para serem desfrutados puros.”
Além de rótulos franceses, a Emirates também oferece uma seleção de vinhos da Austrália, Nova Zelândia, Califórnia, e outras regiões produtoras de vinho do mundo.
Aos passageiros da primeira classe é servida a champanhe Dom Perignon, em quase todos os voos. Como um tratamento especial por tempo limitado, será servida Dom Perignon Rosé 2003 nos voos do A380 para São Francisco e Houston em dezembro.
Para saber mais sobre a carta de vinhos, portos e champanhe que será servida em um voo específico, os passageiros podem acessar o link: http://www.emirates.com/ae/english/flying/dining/wines/inflight-wine.aspx
Emirates anuncia investimento de US$ 500 milhões em programa de vinhos!



VEJA MAIS SOBRE Economia


10 dicas para economizar em suas compras online!

Escolher um produto com calma e recebê-lo em casa, sem filas. Comprar pela internet já faz parte do dia a dia dos brasileiros e a utilização do e-commerce aumenta a cada dia.  Segundo o 35º relatório de comércio virtual Webshoppers, realizado pela Ebit, as compras na web cresceram 7,4% em 2016. Para 2017, a previsão é que as transações […]

Leia mais

Lingerie e moda praia representam mercados em expansão . Saiba mais!

Segundo dados do IEMI – Inteligência de Mercado, o segmento de lingerie no Brasil deve registrar em 2017 um crescimento de 3,5% em número de peças produzidas (chegando a cerca de 818 milhões de peças) e de 8,9% em valor de produção (cerca de R$ 7,521 bilhões). E as tendências da moda contribuem para este […]

Leia mais

Grupo Boticário cresce 7,5% e fatura R$ 11,4 bi em 2016!

O Grupo Boticário, controlador das marcas O Boticário, Eudora, quem disse, berenice? e The Beauty Box, registrou faturamento de R$ 11,4 bilhões no varejo em 2016. O crescimento foi de 7,5% na comparação com 2015. Além da boa performance financeira, mesmo em meio a um cenário econômico bastante difícil, o Grupo Boticário também aumentou seu número de […]

Leia mais

Aprenda a fazer a Declaração do Imposto de Renda 2017!

Desde o dia 2 de março, a Receita Federal está recebendo a Declaração do Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF) 2017. A estimativa é que sejam enviadas 28,3 milhões de declarações até o prazo final, 28 de abril. A Agência Brasil preparou um passo a passo a fim de esclarecer as dúvidas sobre como preencher […]

Leia mais

10 estratégias de risco no planejamento da aposentadoria!

Planos não são garantia para um futuro financeiramente confortável. Em nossa cultura, o trabalhador se apoia na aposentadoria do INSS para chegar tranquilamente à terceira idade. E o erro começa aí, ao imaginar o conforto financeiro garantido pela previdência do governo. Mesmo aqueles que conhecem a realidade das contas do Estado procuram meios pouco eficientes […]

Leia mais

FAÇA ESTE BLOG SER AINDA MELHOR, ESCREVA O SEU COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *