Doenças de inverno: será que é só um resfriado?

Espirros, coriza, congestão nasal e dores de cabeça podem ser sintomas de um resfriado. Porém, na maioria dos casos, esses sinais podem estar atrelados a doenças respiratórias crônicas. Segundo o Dr. Alexandre Kawassaki, pneumologista do Hospital 9 de Julho, cerca de 10% dos brasileiros apresentam quadros variados de asma, enquanto 30% sofrem com rinite alérgica. “Os sintomas dessas doenças são facilmente confundidos com o de um resfriado, o que dificulta o diagnóstico e o tratamento adequado, essencial para se evitar complicações, como infecções graves ou crises respiratórias” explica o especialista.

Segundo o Dr. Kawassaki, além das quedas de temperatura, a baixa umidade do ar é responsável por boa parte das crises respiratórias. Segundo a OMS (Organização Mundial da Saúde)*, o índice ideal da umidade do ar para manter o sistema respiratório em boas condições de saúde é em torno de 60%. Durante o inverno, esse número costuma cair para 30%. O especialista ressalta que os problemas respiratórios e as infecções por vírus e bactérias também se tornam mais frequentes por causa do ressecamento das mucosas das vias aéreas. Todos esses fatores podem desencadear e agravar os casos de asma, além de sangramento nasal e alergias.

Para saber diferenciar o resfriado de outros problemas, listamos abaixo as principais doenças respiratórias e quais são os seus sintomas. Confira!

Asma/Bronquite: O nome correto da doença é asma, mas é mais conhecida por “bronquite”. Caracteriza-se pela inflamação dos brônquios, vias que conduzem o ar que é respirado até os alvéolos pulmonares (pequenas estruturas que fazem a troca gasosa entre o ar e sangue nos pulmões). No paciente com asma, os brônquios deixam de eliminar o muco pelas vias respiratórias e acumulam secreção, causando as inflamações e dificultando a passagem do ar.

Pneumonia: O Dr. Kawassaki alerta que algumas gripes podem evoluir para uma pneumonia. A doença é uma infecção dos alvéolos, estruturas pulmonares responsáveis pela oxigenação do sangue. Os principais sintomas são tosse, dores no peito e nas costas, febre e fadiga. Durante o inverno, são muito comuns as pneumonias virais, com origem por meio do mesmo vírus da gripe. O grupo de maior risco são crianças, idosos e pessoas com baixa imunidade, por apresentarem consequências mais graves se a doença não for tratada rapidamente.

Rinite: Com a queda da umidade e o aumento da poluição do ar, as crises de rinite,  inflamação da mucosa nasal, são mais comuns pela inalação de alérgenos (substâncias que causam alergia como a poeira e pelo de animais). Os sintomas podem ser vermelhidão nos olhos, coceira na região do nariz e garganta, por conta do ressecamento do ar, e espirros frequentes.

Sinusite: A sinusite é parecida com a rinite, muitas vezes sendo considerada mais grave. É caracterizada por tosse produtiva e sensação de secreção escorrendo pela garganta, podendo ocorrer dores no rosto, principalmente na região da testa e maxilas. Isso acontece devido a inflamação da mucosa dos seios da face que gera essa dor. A doença é normalmente tratada com o uso de antibióticos e lavagem nasal. Por isso, o diagnóstico precoce é importante para evitar a progressão da doença.

Para amenizar os sintomas, o Dr. Kawassaki explica que é importante não ficar em ambientes fechados ou mantê-los, sempre que possível, umidificados e ventilados. “Outras dicas como fazer limpeza nasal com soro fisiológico diariamente, limpar os ambientes com panos úmidos para que a poeira não se espalhe também são algumas alternativas para passar o inverno mais saudável” explica o médico, que reforça “Em casos de piora dos sintomas, é importante procurar o atendimento médico o quanto antes”.

Doenças de inverno: será que é só um resfriado?



VEJA MAIS SOBRE Notícias


A revista norte-americana Time foi vendida por US$ 190 milhões!

A renomada revista norte-americana Time foi vendida por 190 milhões de dólares (cerca de 790 milhões reais) para o casal Marc e Lynne Benioff, cofundadores da empresa de tecnologia Salesforce, pioneira em computação em nuvem. Marc e Lynne adquiriu a Time por interesse pessoal. Em um comunicado, eles disseram que “a família não se envolverá […]

Leia mais

Restaurante oferece buffet de graça para criança com câncer!

Vejam que bacana, meus leitores! O restaurante “Sophia Osteria”, nos Jardins, em São Paulo, oferece o seu buffet de graça para crianças em tratamento no Itaci (Instituto de Tratamento do Câncer Infantil), hospital público ligado ao Hospital das Clínicas.O dono do local, Manoel Almeida colocou uma placa oferecendo a alimentação gratuita para os pequenos pacientes […]

Leia mais

Brasil ganha primeiro restaurante ítalo-japonês das Américas!

Tem novidade das boas no mundo gastronômico! O Brasil acaba de ganhar o primeiro restaurante ítalo-japonês das Américas, o Tartuferia Giapponese, com cozinha contemporânea que promete sacudir o mercado gastronômico brasileiro. A nova casa abriu as portas com conceito ousado, super inovador e uma culinária única, que mistura a clássica cozinha japonesa com a italiana, […]

Leia mais

Brasil ganha primeira startup de aplicações para robôs de serviços!

Brasileiros que se surpreendem vendo anúncios de autômatos de feições humanas trabalhando em lojas e hotéis do Exterior podem ir se preparando: o Brasil acaba de ganhar sua primeira startup especializada em criar aplicações práticas para “robôs de serviços”, que fazem atendimento no comércio e até residências. A empresa chama XRobô, está sediada em São […]

Leia mais

Piloto baiano vai disputar o Mundial de Motosurf nos Estados Unidos!

O 4º lugar para Bruno Jacob em 2017 não foi suficiente. Por isso, o piloto baiano quer levar a bandeira brasileira para o lugar mais alto do pódio na etapa americana do Mundial de Motosurf Freeride 2018, que acontece na praia de Pacific City, Oregon (EUA) entre 7 e 9 de setembro. Treinando intensamente nos […]

Leia mais

FAÇA ESTE BLOG SER AINDA MELHOR, ESCREVA O SEU COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *