Correção de orelha de abano dispensa cirurgia. Vem saber!

Você sabia que a tradicional orelha de abano pode aparecer em um recém-nascido? Não se trata só de um problema que atinge crianças e adultos.

Nos casos dos bebês, essa deformidade pode ser facilmente corrigida. Se um procedimento simples for feito até o pequeno completar trinta dias de vida, a orelha de abano nem fará parte das memórias de infância. Quem garante é o cirurgião plástico Dr. Maurício Orel, Cirurgião Plástico especialista no assunto e que trabalha com a técnica desde 2016.

“Como a orelha ainda não está completamente formada, porque o nenê está em fase de desenvolvimento do corpo, é possível corrigi-la por meio de um molde de silicone. Uma forma que não agride o recém-nascido”, explica Orel. Ele também esclarece que a indicação da otoplastia (cirurgia da orelha) só é feita para crianças acima de 6 anos. “O uso da prótese dispensa a cirurgia e proporciona um resultado rápido e eficaz.”

Apesar de afetar de 2 a 5% da população mundial, um número considerado pequeno, essa deformidade abala a qualidade de vida de quem a possui. Em muitos casos, os portadores são vítimas de bullying, gerando problemas psíquicos.

Molde de silicone

“O diagnóstico precoce é um fator determinante”, salienta o especialista, reforçando como a atenção dos pais à saúde do bebê é essencial para a detecção precoce do problema.

A prótese de silicone, batizada de EarWell ® nos Estados Unidos, remodela a cartilagem da área rapidamente, tratamento nada invasivo e indolor, segundo Orel. A prótese serve tanto para corrigir orelha de abano como vários tipos de outras deformidades na orelha, menos conhecidas. Tal prótese possui Anvisa no Brasil.

Primeiramente, é preciso moldar a prótese conforme o formato da orelha e a necessidade de reparação, procedimento que deve ser feito pelo cirurgião plástico. Depois, é só fixá-la na orelha com o auxílio de adesivos. O tempo de uso da prótese também é determinado pelo médico, mas, geralmente, costuma ser de 30 a 45 dias. “A EarWell ® resolve questões puramente estéticas e não trata ou interfere em aspectos auditivos”, ressalta.

O bebê recebe de sua mãe, através do cordão umbilical, hormônio estrógeno, responsável por amolecer as cartilagens e permitir a passagem da criança pelo canal do parto. Após 30 dias de vida, o hormônio começa a diminuir e a orelha a ficar mais rígida, por isso a correção via prótese de silicone não é mais eficaz. “Recebo muitas crianças com mais de 45 dias de vida e, infelizmente, não mais posso realizar o procedimento. Pediatras desconhecem e não informam os pais da disponibilidade de tal produto”.

Orel reforça que a modelagem é uma forma muito comum usada pelos pais quando percebem a orelha de abano em seus bebês e que, apesar de não ser definitiva, pode fazer uma pequena diferença. “Os pais costumam colocar faixas de pano e evitar que o bebê durma apenas de um lado. Mas, feita de maneira caseira não tem eficácia, pois a orelha não é modelada de forma constante e por grandes períodos”, informa.

O cirurgião plástico afirma que as imperfeições na cartilagem da orelha podem ser ocasionadas por fatores genéticos ou pela posição intrauterina do bebê. Além da orelha de abano, outras deformidades que aparecem são conhecidas como cálice, quando o órgão é projetado para fora e possui formato fechado, parecendo o objeto que dá nome ao problema; ptosada, quando a orelha apresenta sua parte superior dobrada; padrões mistos, ou seja, quando mistura características de abano, cálice e ptosada, e pontiaguda (orelha de Stahl), que lembra a orelha do personagem Spock, da série “Jornada nas Estrelas”.

Como reconhecer a orelha de abano

Muitos pais têm dúvidas se a orelha está em abano ou não. Maurício Orel dá a dica: “Basta medir com uma régua a distância entre a orelha e o crânio. A distância normal em bebês recém-nascidos é de até 7 mm. Se a distância for maior que 9 mm, é sugerido fazer o procedimento para que a projeção da orelha diminua e tenham características normais.

Correção de orelha de abano dispensa cirurgia. Vem saber!



VEJA MAIS SOBRE Notícias


Confira as vacinas obrigatórias no Brasil!

Segundo o Ministério da Saúde, existe um investimento anual de R$ 3,9 bilhões na compra de 300 milhões de doses de vacinas contra 20 tipos de doenças. Confira a lista de vacinas que fazem parte do calendário de vacinação brasileiro para que o paciente fique ciente da importância da imunização. BCG É uma vacina aplicada […]

Leia mais

Você sabia que 21 de junho é o Dia da Selfie? Saiba o motivo!

O Dia da Selfie foi criada por um DJ de uma estação de rádio norte-americana em 2014, com o objetivo de tirar um dia para celebrar os autorretratos digitais. Mas Buzz Aldrin, ex-astronauta da NASA que foi o segundo homem a pisar na Lua, em 1969, como tripulante da missão Apollo 11, aproveitou a data […]

Leia mais

Instagram lança app para a produção de vídeos mais longos!

O Instagram não para de inovar: acaba de lançar um aplicativo novo, chamado IGTV, para a produção de vídeos mais longos, de até uma hora, enquanto atualmente apenas criações com até um minuto são permitidas. Os usuários poderão optar por resolução de imagem de até 4K, e não será dessa vez que o vídeo na […]

Leia mais

Vem aí o primeiro casamento gay da família real!

Por essa muita gente não esperava: O primeiro casamento gay da família real está para acontecer, meus leitores. Lorde Ivar Mountbatten irá se casar com James Coyle em uma cerimônia reservada em uma capela de Devon, sudoeste da Inglaterra. Em entrevista a revista People, Mountbatten, primo da Rainha Elizabeth, comentou que nunca pôde contar aos […]

Leia mais

Fotógrafo registra bebês em clima de Copa do Mundo!

O fotógrafo Roni Sanches, especializado em fotografia de recém-nascidos e gestantes, fez uma série especial  com bebês usando roupas e acessórios que caracterizam um dos maiores eventos esportivos do mundo. Confira os cliques!!!! Fotógrafo registra bebês em clima de Copa do Mundo! Relacionado

Leia mais

FAÇA ESTE BLOG SER AINDA MELHOR, ESCREVA O SEU COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *