Confira algumas dicas para você não ter aquela ressaca terrível depois de uma farra maravilhosa!

2Festas, viagens, noites em claro e empolgação total, na maioria das vezes regadas a muita bebida: cerveja, vodka, caipirinha, caipiroska, whisky com energético, tequila, batidas, ices…Ou seja, álcool é o que não falta para quem curte um drink e uma farra. Beber um pouco para dar uma relaxada e uma descontraída, tudo bem! O problema é quando as doses começam a aumentar e se misturar. O risco de uma embriaguez e de uma bela ressaca no dia seguinte é certo!

A melhor maneira de evitar aquela terrível sensação de enjôo, dor de cabeça e boca amarga do “day after” é não beber. Mas se isso for impossível, tome algumas precauções para que a sua comemoração não termine num porre mal tomado, arrependimento e a famosa frase “Nunca mais eu bebo!”.

Promessas, simpatias, comprimidos ou colherzinhas disso ou daquilo antes de beber não farão efeito se você exagerar. O segredo mesmo é beber com moderação para evitar os efeitos nocivos do álcool no organismo. Um bom começo é não beber de estômago vazio: dessa forma, o corpo absorve o álcool mais lentamente, evitando que a bebida “suba rápido” à cabeça. Então, vale uma boa refeição ou um sanduíche antes da primeira dose.

Muito líquido antes, durante e depois

Um dos principais efeitos do álcool é a desidratação do organismo. Por isso, é importantíssimo ingerir bastante líquido antes, durante e depois, para ajudar a diluir a substância.
– O álcool costuma ser responsável por 50% das internações em pronto-atendimento de hospitais, causando danos ainda maiores em pessoas que não estão acostumadas a beber e que, nessa ocasião, exageram na dose. O consumo elevado pode até provocar uma pancreatite, expondo o paciente ao risco de morte. O ideal é que os foliões limitem a ingestão de álcool, intercalando as doses de bebida com água e sucos – recomenda o médico João Geraldo Simões Houly, chefe do Pronto-Atendimento do Hospital Santa Paula.

Se não teve jeito, a empolgação ultrapassou os limites do bom-senso e você “encheu o pote”, evite se auto-medicar.

– Remédios para dor de cabeça e enxaqueca à base de ácido acetil salicílico, por exemplo, poderão desencadear um mal maior caso o paciente sofra de alguma doença não compatível com a substância, como a dengue – afirma João Geraldo.

O ideal é dirigir-se para o primeiro hospital, onde especialistas farão um diagnóstico e prescreverão o tratamento adequado.

– É muito comum a auto-medicação aliviar temporariamente os sintomas, mas acabar retardando o diagnóstico preciso de algumas doenças. E isso representa grande perigo à saúde – diz o médico.

É comum que os pacientes sejam tratados com injeções de glicose, pois a substância normaliza a taxa de açúcar no sangue (que é baixada pela bebida) e acelera a queima do álcool. Por isso, antes que a situação se agrave a ponto de ter que baixar no pronto-socorro, consuma um doce, balas, ou qualquer outro alimento açucarado.

No dia seguinte, descanse. Procure ter uma alimentação bem leve, hidrate-se muito e lembre-se de pensar duas vezes e ter bom senso antes de se entregar aos copos!

Confira algumas dicas para você não ter aquela ressaca terrível depois de uma farra maravilhosa!



VEJA MAIS SOBRE Notícias


9 maiores dúvidas das mamães sobre sexo pós-parto. Vem saber!

Para solucionar estas e outras dúvidas, o site UOL entrevistou Alberto Guimarães, ginecologista, obstetra e um dos criadores do programa Parto Sem Medo; Cecilia Pereira, ginecologista da All Clinik, do Rio de Janeiro (RJ); Cristina Carneiro, ginecologista e obstetra, de São Paulo (SP); Domingos Mantelli, ginecologista e obstetra, autor do livro “Gestação: mitos e verdades […]

Leia mais

Exagerou na bebida? 6 dicas para evitar a ressaca!

Além da moderação e a da importância de não misturar muitos tipos de bebidas alcoólicas, existem outras formas bastante eficazes de prevenir uma ressaca ou de, pelo menos, atenuar as suas consequências. Em primeiro lugar, beba dois copos de água antes de sair de casa, depois, o melhor é comer antes de começar a beber. […]

Leia mais

Aprenda a queimar mais calorias durante a caminhada!

5 dicas para você queimar mais calorias durante a caminhada! 1. Aproveite as subidas. Se estiver andando ao ar livre, aproveite para subir montes. Na cidade, use ladeiras. 2. Prefira fazer tracking. Caminhadas ao ar livre, que forçam desvios de pedras e maior estabilidade corporal, são melhores para queimar calorias. Este tipo de caminhada também […]

Leia mais

Mulher grávida no volante – 4 dicas para dirigir com segurança!

O médico e supervisor de Saúde da Ford Brasil, Edson Kayanuma, lista algumas das medidas de segurança que devem ser consideradas pelas gestantes ao dirigir: • Grávidas devem usar o cinto de segurança de três pontos mantendo a faixa inferior abaixo da barriga, o mais justo possível. A faixa diagonal não deve ficar sobre a […]

Leia mais

Odontofobia – 7 dicas para se livrar do medo de dentista!

A odontofobia, nome dado a quem tem medo de dentista, acontece geralmente na infância, muito por conta do famoso barulhinho do motor dos aparelhos odontológicos ou até mesmo por meio de desenhos animados que retratam a ida ao dentista como algo doloroso. Por isso, é importante que tanto os pais quanto os profissionais da área […]

Leia mais

FAÇA ESTE BLOG SER AINDA MELHOR, ESCREVA O SEU COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *