Confira algumas dicas para você não ter aquela ressaca terrível depois de uma farra maravilhosa!

2Festas, viagens, noites em claro e empolgação total, na maioria das vezes regadas a muita bebida: cerveja, vodka, caipirinha, caipiroska, whisky com energético, tequila, batidas, ices…Ou seja, álcool é o que não falta para quem curte um drink e uma farra. Beber um pouco para dar uma relaxada e uma descontraída, tudo bem! O problema é quando as doses começam a aumentar e se misturar. O risco de uma embriaguez e de uma bela ressaca no dia seguinte é certo!

A melhor maneira de evitar aquela terrível sensação de enjôo, dor de cabeça e boca amarga do “day after” é não beber. Mas se isso for impossível, tome algumas precauções para que a sua comemoração não termine num porre mal tomado, arrependimento e a famosa frase “Nunca mais eu bebo!”.

Promessas, simpatias, comprimidos ou colherzinhas disso ou daquilo antes de beber não farão efeito se você exagerar. O segredo mesmo é beber com moderação para evitar os efeitos nocivos do álcool no organismo. Um bom começo é não beber de estômago vazio: dessa forma, o corpo absorve o álcool mais lentamente, evitando que a bebida “suba rápido” à cabeça. Então, vale uma boa refeição ou um sanduíche antes da primeira dose.

Muito líquido antes, durante e depois

Um dos principais efeitos do álcool é a desidratação do organismo. Por isso, é importantíssimo ingerir bastante líquido antes, durante e depois, para ajudar a diluir a substância.
– O álcool costuma ser responsável por 50% das internações em pronto-atendimento de hospitais, causando danos ainda maiores em pessoas que não estão acostumadas a beber e que, nessa ocasião, exageram na dose. O consumo elevado pode até provocar uma pancreatite, expondo o paciente ao risco de morte. O ideal é que os foliões limitem a ingestão de álcool, intercalando as doses de bebida com água e sucos – recomenda o médico João Geraldo Simões Houly, chefe do Pronto-Atendimento do Hospital Santa Paula.

Se não teve jeito, a empolgação ultrapassou os limites do bom-senso e você “encheu o pote”, evite se auto-medicar.

– Remédios para dor de cabeça e enxaqueca à base de ácido acetil salicílico, por exemplo, poderão desencadear um mal maior caso o paciente sofra de alguma doença não compatível com a substância, como a dengue – afirma João Geraldo.

O ideal é dirigir-se para o primeiro hospital, onde especialistas farão um diagnóstico e prescreverão o tratamento adequado.

– É muito comum a auto-medicação aliviar temporariamente os sintomas, mas acabar retardando o diagnóstico preciso de algumas doenças. E isso representa grande perigo à saúde – diz o médico.

É comum que os pacientes sejam tratados com injeções de glicose, pois a substância normaliza a taxa de açúcar no sangue (que é baixada pela bebida) e acelera a queima do álcool. Por isso, antes que a situação se agrave a ponto de ter que baixar no pronto-socorro, consuma um doce, balas, ou qualquer outro alimento açucarado.

No dia seguinte, descanse. Procure ter uma alimentação bem leve, hidrate-se muito e lembre-se de pensar duas vezes e ter bom senso antes de se entregar aos copos!

Confira algumas dicas para você não ter aquela ressaca terrível depois de uma farra maravilhosa!



VEJA MAIS SOBRE Notícias


Alerta – Dor de cabeça pode ser um alerta de aneurisma cerebral!

A dor de cabeça atinge cerca de treze milhões de brasileiros, segundo dados da Sociedade Brasileira de Cefaleia. Por ser uma queixa muito comum nos consultórios, a maioria das pessoas ignora seus sintomas e não procuram um médico para avaliar o quadro da dor. Segundo especialistas, se a sua dor de cabeça vai e volta […]

Leia mais

Você sabe o que realmente faz bem para o seu organismo? Descubra os hábitos e alimentos corretos!

Com o verão se aproximando, as pessoas começam a dar uma atenção especial no cardápio e inserir novos “hábitos saudáveis” no dia a dia. Mas nem tudo é o que parece. A doutora Carolina Mantelli, endocrinologista e especialista em metabologia revela os mitos e verdades sobre os alimentos e como utilizá-los ao seu favor. CHÁ […]

Leia mais

5 dicas para não errar num e-mail em inglês!

Antes visto como um diferencial, saber falar inglês tornou-se exigência básica no mercado de trabalho. O motivo é evidente: a língua inglesa está cada vez mais presente no nosso dia a dia, desde filmes, músicas tecnologia e expressões incorporadas à fala. Na hora de escrever um e-mail corporativo ou fazer reserva em um hotel para […]

Leia mais

67% da população mundial está infectada com o vírus Herpes. Saiba como se proteger!

Atenção,meus leitores e leitoras!!!!! A Organização Mundial da Saúde (OMS) aponta que, atualmente, 67% da população mundial está infectada com o vírus Herpes Simples do tipo 1. Também contagioso e incurável é o vírus Herpes Simples do tipo 2, mais conhecido como herpes genital. Mas estes estão longe de serem os únicos tipos da doença. […]

Leia mais

Estudo afirma que jejuar até a hora do almoço ajuda a emagrecer!

Desde pequeno ouvia dizer que o café da manhã é a alimentação mais importante do dia. Só que de acordo com um novo estudo, jejuar até a hora do almoço pode ser uma boa pedida para eliminar mais calorias. A pesquisa, que foi realizada pela universidades de Loughborough e Bedfordshire, descobriu que o simples ato […]

Leia mais

FAÇA ESTE BLOG SER AINDA MELHOR, ESCREVA O SEU COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *