Comportamento de consumo brasileiro influencia setores e produtos!

Se alguém te parasse na rua hoje para perguntar o que você compraria neste momento, caso tivesse uma renda adicional, qual seria a sua resposta? A maioria dos brasileiros tem sido categórico: tecnologia, lazer e viagens. Os dados, foram apontados pela pesquisa “Hábitos de consumo do brasileiro e sua relação com o crédito”, realizada pelo SPC Brasil, que demonstrou que atrás de tecnologia, considerado um item essencial, o maior gasto do brasileiro é dedicado a viagens turísticas e restaurantes.

Os dados, apesar de serem de 2014, continuam atuais e crescendo. De acordo com pesquisa da Trend|247, empresa brasileira de comportamento de consumo, o brasileiro está cada vez mais interessado em investir em experiências: viagens, shows, festivais, restaurantes, preocupando-se mais em colecionar vivências ao invés de acumular coisas.

“Tecnologia é uma necessidade. As pessoas vivem conectadas, conversam através das plataformas, se relacionam a partir delas e conhecem o mundo nas telas dos computadores e celulares. Tudo isso, traz também a necessidade latente de se desconectar e mergulhar em algo novo e real, isso explica o aumento de consumo de viagens e lazer”, comenta a especialista Daniela Zanardo, diretora da Trend|247.

De acordo com uma projeção da Fundação Getúlio Vargas, FGV, divulgada em abril deste ano, o número de smartphones em uso no Brasil vai igualar o de habitantes em outubro deste ano. O número atual é de 198 milhões e nos próximos dois anos, o total poderá chegar a 236 milhões. Com tantos celulares nas mãos das pessoas, é cada vez mais importante que as empresas enxerguem formas de se conectar com seus clientes através de experiências e soluções exclusivas que estejam ali, na palma da mão.

Esses comportamentos têm chamado a atenção de empresas que estão atentas ao que o consumidor pede e cada vez mais surgem novidades que agregam tecnologia e bem estar ao dia a dia das pessoas. Essa atenção com o que é essencial para os clientes chegou também no mercado de construção civil, que vem buscando cada vez mais entregar além de metros quadrados aos futuros moradores, mas sim, um espaço onde haja prazer em estar.

“Não podemos mais encarar nosso consumidor como alguém que quer uma metragem para morar. Os estudos nos mostram que as pessoas querem mais. Elas buscam muito mais. E nós estamos escutando cada um desses consumidores e mudando a forma de construir. Já temos um breve lançamento que trará conectividade às áreas comuns, um espaço de festas que promova interação entre moradores e uma série de novidades que atendem as expectativas do novo consumidor brasileiro”, destaca Amauri Ceceli, diretor executivo da Braido Ceceli.

A construtora traz o modelo Home&Share, já disseminado entre EUA e Europa, com a intenção de valorizar não apenas o espaço interno da unidade, mas sim, de criar conectividade por todo o condomínio, com espaços em que haja a verdadeira convivência. Um lugar para se fazer amigos, para realizar festas e vivenciar momentos, atrelado a benefícios que permitem o uso compartilhado de itens que normalmente só acumulam espaço em um apartamento, como aspirador de pó, escadas, entre outros.

Comportamento de consumo brasileiro influencia setores e produtos!



VEJA MAIS SOBRE Economia


5 dicas sobre empréstimo empresarial!

Você, empreendedor, sabe como funcionam os empréstimos para empresas, tendo em vista os novos cenários e formatos de negócios, como o home office? Sérgio Tavares, Diretor da STavares Consultoria Financeira, com MBA em Gestão Econômica e Financeira de Empresas pela FGV (RJ); tira dúvidas e dá dicas para quem pretende investir no seu empreendimento. -Quando […]

Leia mais

4 dicas para que dinheiro não seja motivo de briga no seu casamento!

Um assunto muito importante, e que deve ser tratado com disciplina em qualquer casamento, é a administração conjunta das finanças. Desde o início, é fundamental criar um planejamento orçamentário para que a situação financeira não saia do controle. Isso evita um dos maiores motivos de brigas entre os casais ao longo dos anos. Viver a […]

Leia mais

Gastos de brasileiros no exterior chegaram a US$ 1,38 bilhão!

Em novembro, os gastos de brasileiros no exterior chegaram a US$ 1,38 bilhão, uma redução de 13,2% em relação ao mesmo mês de 2017. Trata-se de um decréscimo maior do que o observado no acumulado do ano: foram gastos US$ 16,86 bilhões em viagens internacionais no período janeiro-novembro, redução de apenas 2,96% na mesma comparação […]

Leia mais

As ruas mais caras da América Latina. Vem saber!

México, Buenos Aires e Rio de Janeiro abrigam as ruas comerciais mais caras da América Latina, de acordo com o relatório Main Streets Across the World 2018, elaborado pela consultoria imobiliária Cushman & Wakefield. A primeira posição do ranking é ocupada pela Avenida Presidente Masaryk, no México (foto acima). O aluguel de instalações na avenida […]

Leia mais

6 dicas para entrar 2019 sem ressaca nas finanças pessoais!

O brasileiro tende a olhar para as despesas e pensar que não tem meios de cortar gastos. Em dezembro, com as festas de final de ano e as férias, o instinto de economizar, que normalmente já é escasso, agoniza diante de tantas promoções e da longa lista de presentes de Natal. Passada a euforia, janeiro […]

Leia mais

FAÇA ESTE BLOG SER AINDA MELHOR, ESCREVA O SEU COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *