Como a literatura pode impulsionar a reflexão humana?

As histórias mais ricas em significado geralmente fazem alusão a conceitos imateriais através da simbologia de personagens. Temos grandes exemplos disso em obras como “O Pequeno Príncipe”, no qual a mensagem principal do livro é lembrar a todos da esperança e amor da infância, por mais que seja uma simples narrativa de um menino com outros personagens “comuns”. No caso de “O Cortiço”, João Romão representa o capitalista explorador e, Rita Baiana, a mulher brasileira. E como não citar “O Retrato de Dorian Gray” nesse grupo? A obra é a principal referência literária quando o assunto é a vaidade humana e suas consequências.

Livros com o poder de representar um panorama social ou até mesmo humano através de personagens levam um conhecimento aos leitores que talvez passasse batido, se o tema não fosse abordado de maneira lúdica. Ou seja, se bem pensados e escritos, romances podem ser mais que um hobby prazeroso. Para quem gosta de ler, tornam-se fonte de sabedoria histórica e reflexão.

Aliel Paione em sua obra “Sol e Sonhos em Copacabana” utiliza deste recurso para representar o Brasil e sua situação crítica. No livro, a personagem Verônica simboliza o país física e imaterialmente, como o autor a descreve:

Verônica possuía a pele discretamente dourada; os cabelos eram negros, abundantes, e os olhos verde-claros, da cor de certos matos da Tijuca. […] Tais atributos propiciavam-lhe um semblante em que a beleza e a imaginação induzem a paixões fulminantes, inspiradores de poetas desvairados. […] Verônica seria capaz de levar um homem ao céu ou ao inferno com a mesma facilidade com que as folhas secas, caídas sobre o chão, são sopradas pelo vento.

Verônica é o ideal da representação brasileira, que tem como elemento a pele bronzeada do sol tropical e, o verde das matas, em seus olhos. Além disso, sua personalidade gananciosa simboliza o jeitinho brasileiro, tão presente na cultura do país, como se fosse um “salve-se quem e como puder”, mesmo que isso implique em um jogo de sedução e interesses.

Além da poética, Aliel Paione se baseou em fatos para escrever uma crítica política em formato de história de amor. A narrativa de “Sol e Sonhos em Copacabana” é construída por aspectos sutis, mas muito significativos, os quais somente um leitor perspicaz é capaz de captar. A política de Campos Sales, a cultura burlesca dos cabarés e a Belle Époque são elementos retratados por Aliel como poucas obras brasileiras foram capazes de fazer.

Como a literatura pode impulsionar a reflexão humana?



VEJA MAIS SOBRE Cultura


Avis Brasilis lança obra sobre o Jalapão com 300 fotos jamais publicadas!

Registrando a identidade e a beleza do Parque Estadual do Jalapão, no Estado do Tocantins, por meio de mais de 300 fotos sequenciais jamais publicadas, o fotógrafo mineiro Lester Scalon, especializado em natureza, lança em setembro o livro Jalapão, juntamente com o artista plástico e pesquisador da flora e fauna brasileira, Tomas Sigrist, responsável pelos textos que contam a história […]

Leia mais

Em parceria com Mauricio de Sousa Produções, Editora Imeph lança “ Uma Viagem a Portugal”!

A divisão editorial da Mauricio de Sousa Produções, em parceria inédita com a Editora Imeph, lança o livro “Uma Viagem a Portugal”. Em 13 capítulos, o livro mistura diversão com aprendizado da cultura portuguesa. Numa parceria com a Turma da Mônica e o desenhista Mauricio de Sousa, o escritor de família de origem portuguesa José […]

Leia mais

Amizade com Jorge Amado vira livro de médico baiano!

O cardiologista baiano Jadelson Andrade lança em São Paulo, em 21 de novembro, seu primeiro livro de crônicas, onde relata sua amizade com Jorge Amado e Zélia Gattai. Em Crônicas do Coração, o autor traz momentos desconhecidos para o grande público da biografia de Jorge Amado, desde seu infarto aos últimos anos, passando pelas viagens […]

Leia mais

Escritora capixaba Isa Colli participa da Feira do Livro de Guadalajara!

A escritora capixaba Isa Colli prepara o lançamento de dois de seus títulos, A Gatinha Penélope e O Aniversário de Margarida, na Feira do Livro de Guadalajara (FIL 2017), no México, entre os dias 25 de novembro e 3 de dezembro. O evento é considerado um dos mais importantes do ponto de vista internacional sobre […]

Leia mais

São Paulo recebe a Incrível Máquina de Livros!

Em parceria com a Câmara Brasileira do Livro (CBL), acontece na próxima semana, entre os dias 7 e 10 de novembro, ações com a Incrível Máquina de Livros. Nestes dias, das 10h às 19h, quem levar um livro novo ou usado em boas condições, poderá trocar gratuitamente por um outro exemplar, como um toque de […]

Leia mais

FAÇA ESTE BLOG SER AINDA MELHOR, ESCREVA O SEU COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *