Cirurgião Plástico explica como eliminar o bigode chinês em cada faixa etária!

Duas linhas de expressão que vão do canto do nariz ao canto da boca tornaram-se vilãs da juventude feminina. O bigode chinês é um dos primeiros sinais a aparecer com o passar dos anos, mesmo nas mulheres mais jovens.

Segundo o cirurgião plástico e especialista em face, Dr. Marco Cassol, o principal fator para que esse “dedo-duro” da idade surja é a herança familiar, mas os hábitos de vida também têm uma boa parcela de responsabilidade. “O bigode chinês pode ser enaltecido de acordo com a exposição ao sol e o consumo de cigarros, mas a maior causa do aparecimento é a genética”, explica Cassol.

Para nortear as mulheres e homens que querem atenuar ou eliminar estas linhas de expressão, o especialista indica o que fazer dos 20 aos 60 anos. O médico dá dicas também para quem já passou dos 60:

20 – 30: nesta faixa de idade, normalmente o bigode chinês, também chamado de sulco nasogeniano, é muito pouco pronunciado, pouco evidente. Por isso, cremes e eventuais preenchimentos com ácido hialurônico dão conta do trabalho. O resultado é ainda melhor se um nutricosmético for associado ao tratamento, entre eles, os que têm como princípio ativo o adpofil ou o exsynutriment, que é um silício orgânico. Se esta for a opção, com uma cápsula diária, o resultado é nítido em 40 dias. No caso do preenchimento, o resultado é imediato e o aspecto final é notado em três semanas;

30 – 40: o tratamento é feito com o laser de CO2. Ele faz um peeling profundo com algum grau de lesão da epiderme, a camada mais superficial da pele. O mínimo é de três sessões, uma vez por mês. Quando a pessoa também tem acne, são necessárias cinco sessões. O resultado aparece mais ou menos em sete dias e a vermelhidão desaparece em até 14 dias. Após o procedimento, recomenda-se repouso de três a quatro dias;

40 – 50: o ideal é associar o gel com fatores de crescimento ao dermaroller (rolo com microagulhas de 0,5 a 2 mm). A vantagem é que o dermaroller proporciona um aumento da permeabilidade da pele ao estimular a camada profunda da derme e da subderme, sem lesar a epiderme e sem precisar ficar afastada das atividades habituais. A sessão pode ser feita de 15 em 15 dias, mas o mais comum é uma por mês. Geralmente são necessários três meses de tratamento;

50 – 60: neste caso, a solução são os fios de sustentação de ácido lático absorvidos pelo corpo. Com um par de cada lado do rosto, eles deixam a face mais firme. Um novo procedimento, com novos fios e em outros lugares, pode ser feito a cada três meses. É preciso esse tempo para que o fio induza o corpo a formar um tecido fibroso a fim de retrair os tecidos e melhorar a sustentação facial;

60+: nesta faixa, é preciso recorrer à cirurgia. Um exemplo é a miectomia, que funciona como se fosse um botox, mas sem tornar a face estática. A técnica ainda é capaz de reduzir os temidos pés de galinha.

No entanto, Dr. Cassol adverte que, nem sempre, as linhas de expressão que vão do nariz à boca são bigode chinês. “Nas pessoas que têm a bochecha mais pronunciada, essas linhas de expressão fazem parte dos contornos da face e não têm relação com o bigode chinês. Neste caso, se for algo que incomode, o melhor a fazer é a bichectomia (retirada parcial das bolas de Bichat)”, finaliza o médico.

Cirurgião Plástico explica como eliminar o bigode chinês em cada faixa etária!



VEJA MAIS SOBRE Notícias


Fnac encerra suas atividades no Brasil e deixa recado no site!

Que tristeza! Após fechamento das lojas físicas, que aconteceu no mês passado, o site da Fnac foi “retirado” do ar, restando apenas uma mensagem indicando para as pessoas visitarem o site e lojas físicas da Livraria Cultura, que adquiriu as operações da rede francesa no Brasil no ano passado. Além da mensagem direcionando para o […]

Leia mais

WhatsApp vai ter ‘modo férias’. Vem saber!

A partir de agora, o WhatsApp vai ter “modo férias” para você se desligar de verdade do app. A novidade é um pouco diferente do modo silencioso normal que já existe no app de conversa. O “modo férias”permitirá manter conversas arquivadas em silêncio de forma definitiva. Hoje em dia, quando você arquiva uma conversa, ela […]

Leia mais

Canadá legaliza maconha para uso recreativo!

Ontem, o Canadá se tornou o segundo país do mundo a legalizar o uso da maconha para fins recreativos, depois do Uruguai que adotou a medida em 2013, e o primeiro do G7. A partir de agora, o porte de até 30 gramas de maconha é permitido. Os canadenses também podem cultivar até quatro plantas […]

Leia mais

O que fazer após a cirurgia bariátrica?

De acordo com o Ministério da Saúde, em 2016 foram realizadas 100.512 cirurgias bariátricas no Brasil. A cirurgia tem sido uma solução para quem precisa perder peso e controlar a saúde, no entanto, para alcançar os resultados esperados, após o procedimento, o paciente precisa seguir as orientações nutricionais e começar a realizar alguma atividade física. […]

Leia mais

5 peças que minimizam as coxas grossas

Para aquelas que acham que coxas grossas podem dar a impressão de alguns quilinhos a mais e querem esconder essa característica, a personal stylist Juliana Parisi da capital paulista, separou 5 truques que prometem disfarçar pela roupa o que pode incomodar muitas mulheres. As dicas da especialista ajudam a equilibrar a silhueta, não atraindo a […]

Leia mais

FAÇA ESTE BLOG SER AINDA MELHOR, ESCREVA O SEU COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *