Brasileiros não param de comprar imóveis em Portugal!

Pela proximidade da língua, colonização e baixo custo de vida, Portugal é o novo alvo para os investidores em imóveis do Brasil. A crise financeira de 2008, em Portugal, também ajudou para que os preços de casas e apartamentos tivessem uma queda. Os valores hoje encontrados são, em média, de 1 milhão de euros, ou seja, R$ 3,5 milhões de reais em apartamentos de 100 metros quadrados em Lisboa, um dos destinos mais procurados pelos investidores brasileiros. “Temos visto o aumento de clientes que estão procurando operações com o Euro. Portugal já é nosso 2° maior mercado, perdendo apenas para os EUA”, afirma Fernando Bergallo, Diretor de Operações da FB Capital, maior assessoria de câmbio do país especializada em imóveis.

Segundo dados oficiais, do total de compras de imóveis por brasileiros no exterior, EUA lideram com 39,8%, seguidos por França com 10,2% e Portugal já ocupa a 3° posição com 8,7%. Outra vantagem que os brasileiros encontram para ter um imóvel em Portugal, além da língua em comum, é o baixo custo para a manutenção dos empreendimentos além de não precisarem de visto, nem de cidadania europeia para adquirir o bem. Apenas ter posse de um imóvel com a intenção de morar faz com que consigam o visto permanente. Diferente dos Estados Unidos, e acostumado com a burocracia que existe em visitar o país americano, Bergallo acredita que essas vantagens fazem com que os investidores escolham Portugal: “Temos feito grandes transações neste país e acredito que a facilidade em adquirir um imóvel e até o visto permanente ajudam o investidor a trocar os EUA pela Europa”.

A mudança na escolha dos países para adquirir um imóvel não ocorre somente com os investidores brasileiros. Celebridades como o ator brasileiro Pedro Cardoso, decidiu no ano passado sair do Brasil e ir morar em Portugal. Em entrevista a uma rádio, o ator disse que por já ter uma casa no país decidiu fazer a mudança após o enceramento da série “Grande Família”. Percebendo a diferença cultural, Pedro Cardoso elogiou a forma de viver dos portugueses e tem admirado os serviços públicos, que o levou a comparar a forma de viver dos portugueses com a dos brasileiros: “Não sinto tanta ansiedade em ganhar dinheiro, morando em Portugal, como sentia, morando no Brasil. Isso por que há bons serviços públicos no país europeu. O brasileiro sente uma ganância em ganhar dinheiro para sair da dependência do Estado e do Poder Público”, explica.

Brasileiros não param de comprar imóveis em Portugal!



VEJA MAIS SOBRE Economia


Saraiva anuncia fechamento de 20 unidades no país

Que tristeza! A Saraiva,  muito querida pelo os brasileiros, anunciou o fechamento de 20 lojas em todo o país. Restarão 84 unidades no Brasil. A rede justificou a decisão diante dos “desafios econômicos e operacionais do mercado”, além dos indicadores “que retratam uma mudança na dinâmica do varejo”. No segundo trimestre deste ano, a Saraiva […]

Leia mais

Jovens escolhem viver em moradia compartilhada para economizar!

A economia compartilhada chegou ao mercado imobiliário brasileiro. Já consagrado na Inglaterra, França e Holanda, o coliving significa “convivência” em seu sentido literal, e visa ser a moradia que atende um público cada vez mais acostumado com este estilo de vida, que usa transporte de carro particular por aplicativo, serviços de beleza em casa, compras […]

Leia mais

10 dicas para você não tomar prejuízo na Black Friday!

A TopperMinds, empresa que modela negócios e soluções digitais, tem dicas importantes para o consumidor, que já se prepara para comprar na Black Friday. O consultor de planejamento e estratégia, Marcos Freitas, lista 10 dicas: 1. A Black Friday, por causa de um movimento dos lojistas de quererem ganhar clientes antes do seus concorrentes, está mais […]

Leia mais

Forbes anuncia o homem mais rico do Brasil!

Acaba de sair, a nova edição da Forbes Brasil. Pelo sexto ano consecutivo, o empresário Jorge Paulo Lemann é o homem mais rico do Brasil. O danado  voltou a ultrapassar a marca dos R$ 100 bilhões de patrimônio. No ranking 2018 dos bilionários brasileiros ele é seguido, nesta ordem, por Joseph Safra, Marcel Teles, Eduardo […]

Leia mais

Economia esfria, mas não retrai!

O Brasil mal teve tempo de sentir o impacto das boas notícias para o cenário econômico em 2018 antes que as ilusões começassem a ruir. Rapidamente se dissipou a euforia sobre a expansão de 0,4% da economia brasileira no primeiro trimestre de 2018 e o acumulado em 12 meses que apontava um avanço de 1,3% […]

Leia mais

FAÇA ESTE BLOG SER AINDA MELHOR, ESCREVA O SEU COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *