Barbara Ohana lança novo single!

unnamedEm setembro do ano passado uma cantora brasileira até então desconhecida lançou o single “Golden Hours”. Em pouco tempo a música levantou as asas e alçou voos longos, chamando atenção da imprensa e do público, tanto pela música quanto pelo clipe, dirigido pelo diretor Daniel Rezende, indicado ao Oscar pelo filme “Cidade de Deus”. Alguns meses depois, prestes a lançar “Dreamers”, seu primeiro EP, Barbara Ohana retorna à ativa com o lançamento do seu segundo single, “Ordinary Piece”. Escute:
https://soundcloud.com/ohanabarbara/ordinary-piece
https://www.youtube.com/watch?v=9QK-ZSjrfIo

“Ordinary Piece” é mais uma parceria de Barbara (voz) com Gabriel Mielnik, responsável pela produção da faixa e também pelas programações, synths, baixo que ecoam pelos 5 minutos da música, gravada no A9 estudios e IIWII (Nova York). “Essa foi a primeira parceria minha e do Gaba (Gabriel Mielnik). A Ordinary começou com uma linha de baixo e um verso simples. Gravamos parte em São Paulo, parte em NY. Ordinary fala sobre desejos e provas de amor absurdas que ultrapassem a melancolia urbana. Se você me ama, ande sobre o fogo, me encontre no fundo do oceano”, detalha Barbara.

Além de “Golden Hours”, “Ordinary Piece” é mais uma prévia do que poderá ser escutado no EP “Dreamers” a ser lançado no final de março.

Quem é Barbara Ohana? 


Radicada em São Paulo, a cantora e compositora carioca Barbara Ohana lançará seu primeiro álbum em 2015, com atmosfera Indie Pop & Glam/ Rock. Seu primeiro single, “Golden Hours”, foi lançado em setembro de 2014 com um videoclipe do diretor e montador indicado ao Oscar, Daniel Rezende (Cidade de Deus, Tropa de Elite I e II, Árvore da Vida).

O EP de estreia, a ser lançado em março, gravado no A9 (SP), no The Loft, (estúdio da banda Wilco em Chicago), e no IIWII (NY) traz músicas de sua autoria e algumas parcerias. Com direção artística da cantora, o álbum conta com produções de Apollo Nove, participações de músicos como o baterista Glenn Kotche (Wilco), Jean Dolabella (ex-Sepultura) e Pupillo Oliveira (Nação Zumbi), com quem Bárbara tem algumas parcerias e que produziu uma das faixas.

A compositora que deu seus primeiros passos na música no Coral das Meninas Cantoras de Petrópolis, cantando em latim, francês e português, acredita que a música ultrapassa a barreira da língua. Na adolescência, Bárbara passou um período em New Orleans, onde começou a desenvolver o trabalho de composição, com letras em inglês. Bárbara já se apresentou no Itaú Cultural, Riviera, Cidade Matarazzo, Leblon Jazz Festival, Teatro Solar, Nublu (NY), Bossa Lounge (DC), Teatro Candido Mendes e outros. Ela também foi backing vocal de Gilberto Gil, gravando em álbuns e singles do cantor.

unnamed

Golden Hours: 1º single, 1º clipe
Barbara Ohana lançou o videoclipe do single “Golden Hours”, faixa que integrará seu primeiro EP, em setembro de 2014. O clipe foi dirigido por Daniel Rezende, aclamado e premiado montador de filmes como “Cidade de Deus” e “Tropa de Elite” 1 e 2.

O videoclipe tem participações de Sophia Reis e dos atores Rafael Lozanno (Sessão de Terapia) e Nataly Galleazzo (“Bollywood Dream”) e utiliza recurso de três câmeras que exibem três desfechos diferentes para a história de um casal, dirigida por Bárbara no clipe. “Justamente por causa do meu background de edição, queria um vídeo que quem estivesse vendo terminasse a montagem. Por isso houve um trabalho muito grande na concepção do roteiro, maneira de filmagem e edição, para direcionar o olhar, mas permitir que quem monte o filme seja o espectador”, conta o diretor Daniel Rezende. “Quis fazer um vídeo que desse vontade de assistir uma segunda ou terceira vez, para ver cada detalhe”.

Daniel tem currículo extenso no cinema brasileiro e em Hollywood. Com Fernando Meirelles, além de “Cidade de Deus”, com o qual concorreu ao Oscar e ganhou o prêmio BAFTA, trabalhou ainda em “Ensaio Sobre a Cegueira” e “360”, além de ter montado filmes brasileiros como “O Ano em que Meus Pais Saíram de Férias”, “Cidade dos Homens” e “Os 3”. Em Hollywood, Daniel Rezende foi o editor de “Diários de Motocicleta” e “Agua Negra”, de Walter Salles, e um dos montadores de “A Árvore da Vida”, de Terrance Malick, com Brad Pitt e Sean Penn. Em 2014, fez sua terceira colaboração com o diretor Jose Padilha (“Tropa de Elite”), no remake de “Robocop”.  Assista o clipe: https://www.youtube.com/watch?v=_Ih1TdcmmjQ

Barbara Ohana lança novo single!



VEJA MAIS SOBRE Entretenimento


Baile vai agitar mansão na Bahia!

O poderoso Solar Cunha Guedes, um dos mais belos casarões remanescentes da arquitetura do século XIX em Salvador, abrirá suas portas para uma programação artística inédita. A novidade é anunciada por Anucha Cunha Guedes Rêgo, gestora da casa, situada no Corredor da Vitória e que até então tinha sua ocupação voltada para eventos sociais, como […]

Leia mais

Netflix ficará mais cara. Vem saber!

Acabamos de receber um anuncio da  Netflix nada interessante. É que a partir de julho, o canal ficará mais caro . Em pleno mês de férias, a plataforma cobrará cerca de 20% a mais para oferecer filmes e séries em streaming, em alguns pacotes. O último reajuste em planos da Netflix foi realizado em maio […]

Leia mais

Saiba tudo sobre a Expoflora, maior exposição de flores e de plantas da América Latina!

A Expoflora, maior exposição de flores e de plantas da América Latina, inicia a venda do segundo lote de ingressos antecipados, agora com desconto de 58%. Para pagamentos até o dia 26 de junho, os convites custam apenas R$ 19,00 contra os R$ 46,00 a serem cobrados na bilheteria, nos dias do evento. Os descontos […]

Leia mais

Wet’n Wild inicia temporada de água aquecida!

Já está aberta a temporada 2017 de água aquecida do Wet’n Wild. Os sete milhões de litros de água que formam o complexo aquático estão aquecidos entre 26 e 28 graus celsius, garantindo conforto térmico aos visitantes e diversão o ano todo. Com um sistema de aquecimento sustentável, o parque aquático inicia a sua sexta […]

Leia mais

Jornal Nacional será reformulado!

A Globo resolveu  reformular o visual do “Jornal Nacional”. William Bonner e Renata Vasconcellos sairão de um piso colocado sobre a sala de jornalistas para ganhar um espaço exclusivo. Outro ajuste acontecerá na parte gráfica do programa, que, além de novos cenários e vinhetas, terá também novo projeto de arte quando mostrar temperatura ou nome […]

Leia mais

FAÇA ESTE BLOG SER AINDA MELHOR, ESCREVA O SEU COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *