Após ser acusada de promover festa racista na Bahia, diretora da Vogue pede desculpas!

A festa de  de aniversário de Donata Meirelles, que durou três dias na semana passada, deu muito que falar na internet. A diretora da Vogue Brasil e esposa do publicitário baiano Nizan Guanaes, foi acusada por internautas, de celebrar a chegada dos seus 50 anos, com uma temática racista.

A revolta  começou quando caiu na web, a foto acima, em que a aniversariante aparece sentada em uma cadeira e ladeada por duas mulheres negras em trajes típicos de baianas. Resultado : Donata, que sempre deixou claro em suas entrevistas seu amor pela Bahia, foi acusada de fazer alusão ao período da escravidão, como uma sinhá acompanhada de mucamas.

A decoração da sua festa foi Brasil Colônia Escravocrata, com direito a mulheres pretas vestidas de mucamas ambientando a festa e recebendo os convidados. Como vimos na foto, até o trono da sinhá tinha”, publicou Joyce Fernandes, rapper conhecida como Preta Rara.

A cantora Ivete Sangalo, que cantou na segunda comemoração de Donata, saiu em defesa da aniversariante durante a apresentação no Restaurante Amado: “Quero dizer também que o que eu estou fazendo aqui hoje é pensando no outro. Estou pensando em você. Vim pensando em você. E o exercício de pensar no outro, embora pareça muito difícil para a gente tomar decisões, é preciso pensar no outro”, declarou.

Em seu Instagram, Donata negou o conceito racista. “Não era uma festa temática. Como era sexta-feira e a festa foi na Bahia, muitos convidados e o receptivo estavam de branco, como reza a tradição. Mas vale também esclarecer: nas fotos publicadas, a cadeira não era uma cadeira de Sinhá, e sim de candomblé, e as roupas não eram de mucama, mas trajes de baiana de festa”, afirmou.

Em um vídeo que circula na web, Nizan Guanaes convoca a imprensa, para um coletiva, com as baianas que participaram do festejo. Acontecerá logo mais às 10h, na Igreja Caída, localizada na Praça da Sé.

Confira abaixo algumas manifestações contra a aniversariante!

View this post on Instagram

Uma diretora de uma famosa revista fez 50 anos ontem 08/02 e comemorou com seus amigos num hotel luxuoso na Bahia com vários artistas famosos,até aqui tudo bem! A decoração da sua festa foi tipo Brasil Colônia Escravocrata, com direito a mulheres pretas vestidas de mucama ambientando a festa e recebendo os convidados, como vimos na foto até o trono da sinhá tinha. Terão pessoas nesse post que falarão que não viram problemas nenhum que é mimimi e por aí vai, pois qdo não se sabe argumentar utilizam dessas falácias pra tentar reverter o irreversível. A branquitude (não estou falando do indivíduo e sim de uma sociedade privilegiada por ter a pele alvo mais que a neve) voltando… A branquitude ama vivenciar o ranço da escravidão, pq a final de contas eles gostariam que não tivesse acabado mas, será que acabou? Vivemos na tal escravidão moderna, onde nossas dores viram fantasias, decoração de festas pra beneficiar o mal gosto das sinhás e sinhóres. A senzala moderna continua sendo o quartinho da empregada. Quando leio sobre escravidão dá um nó na garganta, arrepia a pele e é óbvio que sinto meu corpo doer, sinto as dores dos meus ancestrais, afinal de contas fazem apenas 131 anos que o Brasil “deixou” de ser escravocrata. Nossas dores não pode ser fantasias, estampa de roupa ou decoração. O problema do racismo nem é dos pretos e de vcs que estão sentados nesse trono aí da foto trabalhados no privilégio, sendo assim revejam! E a sua riqueza hoje tem sangue indígena e preto, o que vc faz pra reparar essa história? E eu cobro mesmo, seja na internet ou cara a cara, pq aqui não passa batido não. Um povo sem história é um povo sem memória, a nossa história nesse país foi escrita com sangue, morte e dor e estamos aqui pra dar uma nova sequência para que não esqueçamos o nosso passado porém reescrever essa história atual de luta, resistência e sorriso, pq sorrir para nós tbm é um ato político! O tempo fechou pra vcs branquitude e agora não abaixaremos mais a cabeça até que todxs pretxs sejam realmente livres ✊🏿 . No meu storie tem mais fotos desses absurdos #PretaRara #BeemBonita #PesaDona #doshow50

A post shared by Preta-Rara Oficial® (@pretararaoficial) on

View this post on Instagram

Eu sinceramente não sei o que está acontecendo conosco! Não se trata de acusar uma pessoa, criar um “bode expiatório” e jogar todas as culpas no colo alheio. Mas alguém me explique o que faz uma diretora de uma famosa revista feminina, a Vogue, dar uma festa de aniversário em Salvador, no dia 8 de fevereiro, em ambiente escravocrata do Brasil colonial? E o que faz uma pessoa se vestir de sinhá, e ficar recebendo os convidados ao lado de duas mucamas? É isso que se chama racismo estrutural! Um racismo tão enraizado que parece invisível. Mas não é. Muito triste esse nosso país que cria essa falsa nostalgia de um passado romântico que jamais existiu. O dia a dia da escravidão foi duro e violento. Não há nada para comemorar ou celebrar. Melhor é refletir e mudar. Todos juntos. (Ps. A diretora da Vogue acaba de pedir perdão. Disse que não era sua intenção mas reconhece o erro.)

A post shared by Lilia Moritz Schwarcz (@liliaschwarcz) on

View this post on Instagram

“(…)Já as escravas de casas ricas eram adornadas por seus próprios senhores. Quando saíam para as ruas acompanhando suas senhoras ou crianças, eram exibidas em trajes finos e carregadas de joias.A própria escrava era um objeto de ostentação do dono, um objeto de luxo a ser mostrado publicamente”. Trecho do livro Jóias de Crioula de Laura Cunha e Thomas Milz. A primeira foto foi tirada em 1860. De acordo com @edercansino a foto que faz parte do acervo do @imoreirasalles, intitulada “senhora da família Costa Carvalho na liteira com dois escravos” foi feita na Bahia por fotógrafo desconhecido. A segunda imagem é de 2019 mesmo. #sóeuacheiestranho #Bahiaterradafelicidade #ritadeixederecalque #passeodedinhoprolado #osprincípiosacimadaspersonalidades #qualquersemelhança #nãoémeracoincidência

A post shared by ritabatista (@ritabatista) on

View this post on Instagram

PASSE O DEDINHO E VEJA MINHA OPINIÃO NO VÍDEO. OLHE esta foto absurda, a quem de pronto agradecemos a Rita Batista @ritabatista pela percepção profunda em nome de algo que não se pode mais admitir. Entretanto, busco justificativas atuais para negras ainda sorrirem em meio à exploração e humilhação de imagem pela Diretora da Vogue Brasil, Donata Meirelles, que festejou os seus 50 Anos com show de Caetano – que nada disse até agora – em ambiente a " ressaltar " o negro. Onde estão os cantores baianos que cantam o negro e vivem do black money advindo da Cultura Negra? Todos se calam quando se trata de ricos e famosos? EU NÃO ME CALO. Chega de achar que o negro ou o caanomblé são exóticos. Postem dois cardeais e vamos ver qual seria a reação? O probelma é que o negro tem de aprender a dizer Não ooooooo ooooooo. #negronaoeacessorio – deixe sua opinião. #escravidao #negros #bahia . Ah! Detalhe, já estou sabendo que Nizan será o candidato de ACM NETO. @ritabatista, já está sabendo também? @fantástico. Creio até que Donata não twnha feito com o objetivo pela fala e tratamento com as pessoas. Mas os tempos falam em avaliação de comportamentos para um mundo melhor. Sem agredir ninguém ou adjetivar de forma vil. Só queremos uma história melhor para quem tanto sofreu e sofre para além das fotos.

A post shared by Dênison Kacho Ventura Sant'Ana (@denisonkachoventurasantana) on

Agora confira  algumas manifestações a favor da  aniversariante!

View this post on Instagram

Cheguei hoje para o niver da @donatameirelles #doshow50 e como baiana me sinto privilegiada pela escolha do local e tema da festa. Fiz questão de postar um vídeo do Nizan há 3 dias atrás recomendando as pessoas irem no Mini Cacique um restaurante que poucos conhecem e faz parte da história da Bahia. Só tenho a agradecer a eles por estarem proporcionando não só um aniversário,mas sim uma linda homenagem a minha terra. E acho um absurdo pessoas que tem uma mente maldosa, que não querem ver ninguém feliz, tentar mudar esse contexto. É uma pena pensar que vcs chegaram a “ter esse tipo absurdo de pensamento “ , porque quem é de bem e é feliz enxerga a vida de outra maneira . Axé Dô Comentários ofensivos serão bloqueados. 🙏🏻❤️

A post shared by 🅲🅰🆁🅾🅻 🅼🅰🅶🅰🅻🅷🅰🅴🆂 (@carolmagalhaes1) on

View this post on Instagram

Que imagem linda guardo dessa noite,e que lembranças afetivas importantes me traz o significado dessa imagem ,me lembrando na veia meu orgulho de ser baiano.Terras de tantos simbolismos,energia,força,cores,amorosidade,história e o sorriso e a nobreza das baianas.Patrimômio imaterial de nossa terra e símbolo para o mundo todo de nobreza de mulheres negras fortes e que com o poder do seu sorriso iluminam os primeiros minutos de qualquer turista brasileiro ou estrangeiro que pisa em nossas terras.Quem nunca recebeu um abraço de uma baiana com sua essência de alfazema não sabe do que estou falando.Memória forte de ainda garoto que mais tarde enquanto joalheiro me fez ter como inspiração maior no meu trabalho mais autoral e difundido no mundo todo ,sobretudo homenageando as baianas e coisas da minha terra.Fico muito feliz que da época da minha infância elas se tornaram baianas mais ainda empoderadas, que mantendo a essência e tradição se profissionalizaram transformando o encantamento em meio de vida e organizadas e muitas bem sucedidas valorizam os mais importantes eventos na Bahia e no mundo.E foi essa força,beleza ,essência e nobreza que ,como todos os convidados, vimos na noite do última sexta celebrando o aniversário da queridíssima e doce @donatameirelles junto à @nizanng ,sem dúvida,um dos baianos mais apaixonados pela sua terra ,que não a vê só com poesia ,mas como ponto estratégico de turismo nacional mundial e investimento.Sua intenção é cada vez mais fortalecer nossa cidade.Obrigado Donata e Nizan por nos oferecerem tanto amor e respeito.

A post shared by Carlos Rodeiro (@carlosrodeiro) on

Após ser acusada de promover festa racista na Bahia, diretora da Vogue pede desculpas!



VEJA MAIS SOBRE Famosos


Dirigido por Wagner Moura, “Marighella” é ovacionado em sua estreia no Festival de Berlim!

Primeiro longa-metragem de Wagner Moura como diretor, “Marighella” fez sua estreia mundial, na última sexta (15), no 69ª edição do Festival de Berlim sob longos e calorosos aplausos.  Além do diretor baiano, o elenco do filme compareceu em peso à première, incluindo nomes como Seu Jorge, Bruno Gagliasso, Humberto Carrão, Bella Camero, Maria Marighella, Ana […]

Leia mais

William Bonner mostra seu carro na web!

Ontem, William Bonner mostrou o seu carro no Instagram. O âncora do Jornal Nacional postou fotos e até vídeo do som do motor, considerado por ele “a voz da experiência”. “A pedidos”, escreveu Bonner, mostrando o veículo, um Gol GT vermelho de 1986.   Com direito a álbum de fotos com detalhes da lataria, rodas, […]

Leia mais

Beijo na boca de Wagner Moura e Jean Wyllys agita a web!

O ator Wagner Moura, deu um beijo na boca de Jean Wyllys, após a apresentação de seu filme “Marighella” no Festival de Berlim. O vídeo gravado na festa de gala do festival de cinema marca a primeira aparição de Wyllys desde que anunciou que não assumiria o cargo de deputado federal para o qual havia […]

Leia mais

Bibi Ferreira deixa acervo avaliado em R$ 5 milhões!

Bibi Ferreira, que faleceu na última quarta-feira (13), aos 96 anos, deixou um acervo avaliado em cerca de R$ 5 milhões, incluindo joias, prêmios e diferentes tipos de homenagens recebidas pela atriz e cantora ao longo de sua carreira. A Fundação Roberto Marinho e o Instituto Moreira Salles receberam o projeto para análise antes do […]

Leia mais

Fátima Bernardes e Túlio Gadêlha posam de super heróis!

O romance de Fátima Bernardes e Túlio Gadêlha, anda com todo gás. Após participarem de baile de Carnaval no Recife na noite de sexta (15), o casal esticou as comemorações carnavalescas antecipadas com uma festa à fantasia. No agito, ele usou uma roupa de Super-Homem, enquanto a apresentadora se vestiu de Supergirl. View this post […]

Leia mais

FAÇA ESTE BLOG SER AINDA MELHOR, ESCREVA O SEU COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *