Advogados criticam pena maior para homicídio de mulheres!

3O Plenário da Câmara dos Deputados aprovou, no dia 3 de março, o Projeto de Lei 8305/14, do Senado, que muda o Código Penal (Decreto-Lei 2.848/40) para incluir entre os tipos de homicídio qualificado o feminicídio. A punição será de 12 a 30 anos de prisão quando o crime envolver violência doméstica e familiar ou menosprezo e discriminação contra a condição de mulher. O crime também será classificado como hediondo.

Para os advogados Alexandre Sinigallia Pinto (foto) e Marcela Moreira Lopes, sócios do escritório Camargo Lima, Sinigallia e Moreira Lopes Advogados, entretanto, trata-se, mais uma vez, da adoção de uma legislação demagógica.

“Cerca de 50 mil pessoas são assassinadas por ano no Brasil. Em menos de 10% dos casos, os criminosos são punidos. No caminho do crime rumo à impunidade, a falta de estrutura das perícias e das polícias elimina a chance da elucidação da imensa maioria dos casos. Em muitas investigações, a polícia não descobre o autor do crime, em outras, acusa inocentes. Quando encontra um suspeito, é comum que produza provas tão ruins que constituem elementos insuficientes para embasar uma condenação”, afirmam.

De autoria da Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) da Violência contra a Mulher, cujos trabalhos foram concluídos em junho de 2013, o projeto prevê ainda o aumento da pena em 1/3 se o crime ocorrer durante a gestação ou nos três meses posteriores ao parto; contra menor de 14 anos, maior de 60 ou pessoa com deficiência ou na presença de descendente ou ascendente da vítima.

Ao justificar a proposta, a CPMI da Violência contra a Mulher ressaltou o assassinato de 43,7 mil mulheres no País entre 2000 e 2010, 41% delas mortas em suas próprias casas, muitas por companheiros ou ex-companheiros. O aumento de 2,3 para 4,6 assassinatos por 100 mil mulheres entre 1980 e 2010 colocou o Brasil na sétima posição mundial de assassinatos de mulheres.

De acordo com os advogados, a impunidade não é fruto de falta de lei ou de penas baixas, mas da falta de investigação qualificada.

“Ao que parece nossos parlamentares se recusam a encarar o fato de que o aumento de pena, a inclusão da conduta no rol de crimes hediondos e a adoção de criativo e diferenciado nomen iuris (no caso, feminicídio) não têm o condão de inibir criminosos e tampouco serão efetivos instrumentos de proteção às mulheres. É um recurso populista e anacrônico enraizado em nossa cultura, alegam os advogados.”

O texto aprovado também inclui esse homicídio qualificado no rol de crimes hediondos, constante da Lei 8.072/90. Quem é condenado por crime hediondo tem de cumprir um período maior da pena no regime fechado para pedir a progressão a outro regime de cumprimento de pena (semi-aberto ou aberto). É exigido ainda o cumprimento de, no mínimo, 2/5 do total da pena aplicada se o apenado for primário; e de 3/5, se reincidente. A matéria será enviada à sanção presidencial.

Advogados criticam pena maior para homicídio de mulheres!



VEJA MAIS SOBRE Notícias


Estudo afirma que o açúcar torna os tumores cancerígenos mais agressivos!

Após 9 anos de pesquisa, os cientistas da instituições belgas Vlaams Instituut voor Biotechnologie (VIB), Katholieke Universiteit Leuven (KU Leuven) e Vrije Universiteit Brussel (VUB) conseguiram esclarecer como o efeito de Warburg – um fenômeno em que as células cancerígenas quebram rapidamente os açúcares – estimula o crescimento e a agressividade tumorais. Apesar de a […]

Leia mais

Gagueira tratada na infância tem cura!

No próximo dia 22 de outubro é Dia Internacional de Atenção à Gagueira. A data foi criada para aumentar a conscientização a respeito desta condição e reforçar a importância de derrubar o estigma em torno da doença. Segundo a fonoaudióloga, Sandra Merlo, especialista em gagueira e fluência, a gagueira é um distúrbio de fluência da […]

Leia mais

WhatsApp diz onde você está. Aprenda a desativar essa funcionalidade!

Atenção, internautas!!!!!! A partir de agora, o WhatsApp conta com uma nova funcionalidade que mostra a localização dos seus usuários em tempo real. Diferentemente da opção já existente de enviar a localização, a novidade permite que seja observada a movimentação do usuário. As informações estarão disponíveis em uma mapa por quinze minutos, uma hora ou […]

Leia mais

Descubra qual animal de estimação mais combina com você!

Cachorro, gatinho ou peixinho? Que animal de estimação mais combina com o seu estilo de vida? Escolher o animal de estimação ideal nem sempre é tarefa fácil. Segundo a a veterinária da Petz ,Renata Del Bianco, um pet em casa é uma ótima forma de ensinar limites, respeito à vida, cuidado e solidariedades às crianças. […]

Leia mais

Medicina humanizada é uma tendência mundial!

Quando estamos com dor e precisamos de atendimento médico, a primeira coisa que desejamos é que ele seja ágil e prático, afinal, os sintomas não costumam esperar para aparecer. O Brasil é um dos países que mais sofre quando o assunto é saúde, e os modelos tradicionais de atendimento têm afastado cada vez mais os […]

Leia mais

FAÇA ESTE BLOG SER AINDA MELHOR, ESCREVA O SEU COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *